Atividades Pedagógicas

    19 de abril , dia do índio.   Vamos fazer?


 http://1.bp.blogspot.com/-MHZrt_UoQ7I/USkpcBp6z2I/AAAAAAAArYI/p5-50cbmHAY/s1600/COCAR+1.jpg



 Páscoa chegando e muitas coisas podem ser feitas.
Mural de máscaras!! Pode deixar eles criarem suas próprias máscaras. Ofereça o material e deixe a criatividade por conta deles. Pode ser feito teatrinho dramatizando uma história contada e assim a aula ficará mais gostosa .Toda criança gosta de sair da escola enfeitada. Faça máscaras surpresa para eles. O que será que vão achar? Esconda chocolates por a sala toda e no final da aula vá dando pistas para que eles possam encontrar. Se os alunos forem maiores aproveite para criar charadinhas com matemática utilizando problemas, operações.... 


http;// 3.bp.blogspot.com


O que por na sacolinha literária, além das opções de literatura citadas  "biblioteca"? Podemos conversar sobre os símbolos da Páscoa.
Para começar, que tal ser por uma coisa deliciosa?  O ovo de Páscoa. Por que presenteamos com ovos de chocolate? Será que sempre foi assim?
Muito, muito antigamente e até hoje em alguns países e culturas diferentes da nossa, as pessoas ainda presenteiam com ovos coloridos manualmente. São verdadeiras obras de arte. Nós costumamos presentear com ovos de chocolate cada um mais delicioso que o outro. Como esse costume surgiu? A história é longa, mas vamos resumir....

A partir do século XIX, o hábito de presentear parentes e amigos com ovos, na data da Páscoa, fez surgir a produção do ovo de chocolate . O pioneiro nessa prática foi François Louis Cailler, que em 1819 abriu a primeira fábrica de ovos de chocolate na França. Na segunda metade do século XX, a produção em larga escala de ovos de chocolate dominou a indústria e o mercado. Desde então, em toda temporada que antecede o dia da Páscoa, o consumo desses ovos torna-se intenso, transformando ou ressignificando o sentido tradicional da festa pascal.
O Ovo é um dos diversos símbolos da Páscoa.  Do ponto de vista religioso, o ovo é considerado símbolo do nascimento e da vida. A relação com a Páscoa, comemorada pelos cristãos, está a partir da Ressurreição de Jesus Cristo, que representa a esperança de uma nova vida para toda a humanidade.


Coloque na Sacolinha Literária folhas em branco e peça para as crianças pedirem que seus pais contem pra elas sobre a Páscoa. Depois eles vão ilustrar a história contada pelos pais. Em sala coloque todos as ilustrações no mural. Vai ficar lindo!!!
Fonte: Brasil Escola

Para a sacolinha literária
Poesia para ler e ilustrar

Ferreira Gular: O rei que mora no mar

Diz a lenda que na praia
dos Lençóis do Maranhão
há um touro negro encantado
e que esse touro é Dom Sebastião.

Dizem que, se a noite é feia,
qualquer um pode escutar
o touro a correr na areia
até se perder no mar
onde vive num palácio
feito de seda e de ouro.

Mas todo encanto se acaba
se alguém enfrentar o  touro.

E se alguém matar o touro
o ouro se torna pão:
nunca mais haverá fome
nas terras do Maranhão.

E voltará a ser rei
o rei Dom Sebastião

Isso é o que diz a lenda.
Mas eu digo muito mais:
Se o povo matar o touro,
a encantação se desfaz.
Mas não é o rei, é o povo
que afinal se desencanta.

Não é o rei, é o povo
que se liberta e levanta
como seu próprio senhor:

Que o povo é o rei encantado
no touro que ele inventou.

Ferreira Gullar. Poeta, dramaturgo e crítico de arte, nasceu em São Luís do Maranhão, em 1930. 


 Resultado de imagem para o rei que mora no mar


Sacolinha Literária

Que tal começar o ano já trabalhando com a literatura. Não importa a idade ou ano que a criança está. O importante é que ela leia ou seus pais, irmãos, tios, vovô, vovó  leiam para ela. Um modo fácil é a sacolinha literária. Todos os alunos deverão ter uma, e uma vez por semana, de preferência no último dia de aula da semana,  levam para casa com um livro de literatura.No primeiro dia de aula seguinte, cada aluno vai contar sua experiência com a leitura.
Nenhum texto alternativo automático disponível.Confeccionada pela professora Fides

 A bruxinha atrapalhada de Eva Furnari , está aqui não só como literatura, mas como atividade pedagógica. Quem conhece esta obra sabe do que estou falando. É excelente para fazer produções.


Independência ou Morte!!!!!

Nosso país não nasceu livre, foi uma dura batalha para conquistar a tão almejada Independência . A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. Aconteceram várias tentativas para tornar nosso país livre e muitos morreram. Tiradentes foi um destes homens que foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade de nosso país, durante a Inconfidência Mineira.

Dia do Fico

Sempre que lemos observamos essa frase. Dia do Fico. Mas o que significa isso? Vamos lá. Portugal queria colonizar o Brasil, mas a presença de D. Pedro I dificultava o andamento da questão. D. Pedro I recebeu uma correspondência de Lisboa exigindo que ele retornasse imediatamente a Portugal. Ele respondeu negativamente ao chamado e proclamou: " Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico". Está aí a explicação sobre o Dia do Fico. Isso aconteceu em 9 de janeiro de 1822. São 194 anos de independência, mas pesando bem o Brasil tem 516 anos, portanto passamos 322 anos sob o domínio português.

Independência ou Morte

Depois desse dia D. Pedro tomou algumas medidas, convocou uma Assembléia Constituinte, organizou a Marinha de Guerra e fez as tropas de Portugal voltarem para o reino e ainda determinou que nenhuma lei de Portugal entraria em vigor sem sua autorização. Depois destes ajustes, D. Pedro foi à Minas Gerais e a São Paulo pois lá os ânimos estavam exaltados. Durante a viagem de Santos para São Paulo recebeu uma correspondência de Portugal anulando a Assembléia Constituinte e exigindo novamente seu retorno. D. Pedro estava próximo ao riacho Ipiranga quando levantou a espada e gritou: "Independência ou Morte!"Isso aconteceu no dia 7 de setembro de 1822 e então D. Pedro foi declarado Imperador do Brasil. Mas não são só fatos bonitos e heroicos, aconteceram muitas mortes e traições para que o Brasil se tornasse "independente " de Portugal.

Tudo mudou depois da Independência?

Que nada! Quem disse que todos os países aceitaram nossa independência assim rapidamente? Nada disso! Estados Unidos e México foram os primeiros, Portugal exigiu um pagamento de 2 milhões de libras esterlinas. Já começamos a dever lá no passado e o povo mais humilde sequer teve o devido conhecimento do significado da Independência, tudo continuou como antes. A elite cada vez mais rica e os pobres cada vez mais pobres.

Bandeira do Brasil Império. Primeira bandeira brasileira após a Independência.

 Resultado de imagem para bandeira do brasil imperio



Nosso país por ter uma extensão territorial muito grande é rico na cultura popular. Neste mês de agosto destacamos o Folclore. Aquele conjunto de lendas, parlendas, histórias, culinária... Vamos conhecer um pouco ?
Região Norte
Resultado de imagem para mapa do brasil por regiões

Lendas- 
A Lenda do Mapinguari - O mais popular monstro da Amazônia .
A Lenda da Iara- A lenda da sereia com seu canto mágico.
A Lenda da Vitória Régia- Conta a história de como surgiu a planta.
A Lenda da Cobra Grande ou Cobra Norato - Conta a incrível história de uma índia que deu a luz a dois filhos que eram cobra.

Para as crianças que estão no terceiro período já conseguem trabalhar o alfabeto e sua ordem. Fazer lista de palavras com cada uma das letras fica legal e as crianças conseguem desenhar coisas lindas. 



Que legal essa ideia de fazer esse alfabeto divertidíssimo. Não está na ordem. 
paraisodoeducando.blogspot.com.br/ 

O Rio de Janeiro será o palco principal das Olimpíadas agora no mês de agosto. Muitas atividades podem ser realizadas sobre este evento. Uma infinidade de atividades podem ser trabalhadas: textos, cruzadinhas, produção de frases, produção de textos, cartazes, jogos, brincadeiras, competições. Realizar  as olimpíadas da matemática é uma excelente oportunidade para aprender brincando.Vamos nos divertir  e aprender ao mesmo tempo. Bom não é?
 Beijocas da tia Íris.




 



A raposa e a cegonha é uma excelente fábula. Trabalhar valores é importante e interessante para o bom convívio entre os alunos e  muitas outras habilidades dentro do texto vão surgindo para serem aprofundadas.
Façam a dobradura da cegonha e o desenho da raposa, fica bem  diferente e podemos trabalhar duas habilidades diferentes na ilustração. Cartazes, dramatização com os alunos, teatro de vara, teatro de sombra. Tudo fica muito legal e divertido de fazer. O teatrinho de sombra dá mais trabalho, mas fica mais divertido.

Lembra da historia da Dona Baratinha? Então vamos responder de acordo com o texto. 







Este é fácil, fácil. Atenção com as- es-is-os-us para não confundir com estes. Depois é só testar a leitura abaixo . tenho certeza que eles conseguirão ler bem bonitinho. Faça a interpretação oral e escrita, a dramatização , desenhos, cartazes, lista de palavras, ordem alfabética....e o que mais a criatividade permitir. 
Bom trabalho Turminha!
beijocas da  Tia Íris.
                                      

Ga- Go- Gu- é um desafio para eles, mas com uma dose de criatividade eles vão aprender rapidinho. Deixem que eles criem bastante frases, assim o vocabulário vai aumentando e ao mesmo tempo fixando padrões já estudados.

   Este também é difícil para quem está começando a aprender. Nossa língua tem estas pequenas complicações, mas todos podem ajudar para as dificuldades serem menores.  Lista de palavras é uma atividade  e que eles gostam porque cada um pode falar sua palavrinha, quando não conseguir é  hora de procurar no dicionário e quando surgir uma palavra que apresente muita dúvida fazer as intervenções que forem necessárias.





Trabalhar essas duas dificuldades não será problema porque são diferentes e só vão mesmo acrescentar o vocabulário que eles já adquiriram. 

 Os sons al, el, il, ol, ul são bons serem executados diante do espelho para que eles percebam a  posição da língua na boca. Também não será difícil.


Cuidados básicos. (ce-se ci -si) são sons semelhantes, então para a criança o que vale mais é a visualização de palavras escritas em várias fontes diferentes. 

 Como é difícil fazer esse som! Muitas crianças não conseguem fazer o som do nh direitinho, tem professor que também não consegue! Se for difícil para eles trabalhe de com as famílias silábicas.

                                     
Todos os créditos ao site:    http://www.mundinhodacrianca.net/(ortografia nh)

Começou a complicar....... nada que muita dedicação não resolva. O que pode ser feito? Acredito que não precisamos falar em regras, somente visualização, bastante visualização e   as crianças já aprendem com facilidade. Leituras em livros, gibis, jornais, lista de palavras, dicionário.... Bom trabalho nossos pequenos já sabem ler e escrever!!!!




                                    


Depois de ter visto muitos padrões ou famílias silábicas com sons e letras, já é possível ler frases e textos. Especialmente com ar- er- ir- or- ur faça um trabalho bem forte, pois é exatamente nesta dificuldade que os alunos tendem a escrever os infinitivos dos verbos omitindo o (r) final: amar, querer, pular, escrever, orar....dependendo das intervenções realizadas o aluno pode não ter dúvidas mais adiante, por isso fazer esse som final muitas vezes é importantíssimo..






Teste a leitura de seus alunos. Se for a primeira leitura deles faça coletivamente e depois individual para observar de perto que dificuldades apresentam. 

A letrinha J j também requer uma atenção especial devido o som je- ge -ji -gi. Faça muitas atividades diversificadas para fixação da escrita e leitura do padrão estudado. 
. 



A letrinha X x merece atenção especial por ter o som parecido com o som do Ch. Então recomendo muitas figuras que comecem com X para visualização das crianças. Depois de mostrar todas as figuras e  ler cada palavra, faça um ditado surpresa com as palavrinhas. O próximo passo é deixar que eles escrevam no quadro as palavras e vá fazendo as intervenções necessárias. Peça que eles façam os desenhos em folhas maiores para fixar no mural.

 

                                                                   
 Nova tarefa!
Destacar bem o som do B e do D para não haver confusão. O trabalho rende mais se eles fizerem o som utilizando o espelho. Com todos estes padrões vistos, já é possível fazer pequenos textos. Deixe que eles escrevam a vontade. Muitas vezes a escrita fica de difícil compreensão, então peça para cada um ler o seu e você vai ver que aparecerão histórias incríveis. Faça as intervenções com calma mesmo que demore algumas aulas, mas é importante que seja feita junto com o aluno. Não é uma correção e sim uma parceria para criar um jeito mais gostoso de corrigir. Corrija tudo que achar necessário, mas a criação do aluno, suas ideias, seus pensamentos  não devemos corrigir ou mesmo  tentar impor novas ideias.                                              


                                       

                                         







Mais dois padrões silábicos. 
Este traz a letra cursiva minúscula. Já dissemos que se a criança não se sentir confortável para fazer, não precisa insistir, mas com certeza ao ver os colegas tentando fazer e de acordo como o professor trabalha vira um desafio muito gostoso. Passado esse instante de  treino de letrinhas, vamos trabalhar o som de todas as letras trabalhadas até agora. Provavelmente eles já estarão lendo muitas palavrinhas e inventando outras, algumas nem existem, então é hora de mostrar  que muitas  letrinhas juntas não significam que todas são palavras. 
                                              
                                                   


     

Resultado de imagem para desenhos com a letra b
Resultado de imagem para desenhos com a letra b
Resultado de imagem para desenhos com a letra b

Resultado de imagem para desenhos com a letra b



Bom dia!!!
Já temos aí nas atividades propostas para a letrinha F f o alfabeto. Peça que eles marquem pintando, sublinhando as letrinhas já trabalhadas. Faça um joguinho da forca para ajudar na memorização. Pode ser feita também uma lista de palavras com a letra F f antes de iniciar a tarefinha. Sei que será divertido, pois quando trabalhei com essa atividade já começou a facilitar a leitura.  Bom trabalho.

A atividade proposta para a letrinha G g já mostra o alfabeto com letra cursiva. Não tem nada demais ensinar como é bom escrever desta forma, mas tem alunos que acham difícil. Não  precisa forçar. O traçado de cada letra deve ser bem trabalhado, sempre com tranquilidade. O importante não é a letra bonita, mas o movimento correto  de cada letra. Atenção especial nesta letra. Observe que  o   trabalho apresenta somente  ga - go - gu - gão. Pode ser mostrado que o G acompanhado das vogais e - i o som muda. Ensinamos mais pela criatividade que temos do que pelos materiais apresentados. O material pode ser o melhor,  o mais caro,  o mais colorido, mas tem que ter a criatividade do professor para despertar nos alunos a curiosidade e a vontade para aprender coisas nova.
Um abraço!!!







Esses além da atividade já visualizada, pode-se aproveitar, no caso da letra M/ m, trabalhar atividades relacionadas ao dia das mães: desenhos, recortes, colagem, pintura, cartazes, cruzadinhas, bilhetinhos. Se eles não souberem escrever ainda espontaneamente, faça frases coletivas.





O trabalho deve ser realizado de acordo com as necessidades dos alunos.






Mais dois padrões com sons bem diferenciados para que as crianças não façam confusão. O trabalho a ser realizado é o mesmo, mas vamos usar a criatividade. Podemos contar histórias onde apareçam muitas palavras com esses padrões silábicos, recortes de jornais... Tem o livrinho meus primeiros passos na leitura e na aprendizagem que  trabalha a letra L. 




Para trabalhar com aquelas crianças que estão com um pouco de dificuldade no processo de alfabetização e   que ainda não estão com desenvoltura esperada, temos uma série de atividades que vão ajudar você professor a ajudar seus pequenos. São atividades simples, mas que se bem direcionadas ajudarão muito. Este foi um trabalho idealizado, confeccionado e aplicado pela professora Anahi. Os créditos são todos dela. Sempre que necessitamos recorremos a este material. Não é uma apostila para deixar a criança fazer sozinho, há que ser acompanhado diretamente pelo professor. Cada criança tem uma necessidade específica, por isso é interessante tralhar individualmente para que seja dada a devida atenção ao aluno.







A opção de começar por estes padrões se dá pelo fato de serem consoantes com sons que não se confundem P/V.
Mostre e deixe a disposição do aluno o alfabeto móvel, letras soltas o que você tiver disponível. Faça os sons das letras enfatizando várias vezes a letra que está trabalhando. Trabalhe uma por dia ou até que o aluno não apresente dúvidas. Incentive-o a ler as palavrinhas escritas e a formação de novas palavrinhas.Deixe que ele faça o colorido das figuras. Faça perguntas sobre as figuras. Várias são as atividades que podemos realizar com este material. Deixe desenhar a vontade, nos primeiros trabalhos os desenhos muitas vezes não se parecem nada com a palavra, mas é criação do aluno e deve ser valorizada.

Letramento e Alfabetização

Temos basicamente duas etapas na organização do Ensino Fundamental.
Na primeira etapa  é preciso levar em conta  o contato sistemático , a convivência e a familiarização da criança com objetos, práticas e processos típicos da cultura letrada. A criança precisa  reconhecer as funções sociais não só  da escrita, mas também da linguagem matemática. Teoria   e prática devem caminhar  juntas para ir se efetivando o conhecimento. De acordo com o Conselho Nacional de Educação temos um período de três anos para este ciclo inicial de concretizar. Um bloco de alfabetização que engloba todas as áreas do conhecimento levando o aluno a adquirir todas as habilidades necessárias para este período. Ao final desta etapa , espera-se que a criança esteja alfabetizada, tendo se apropriado do sistema da escrita, sabendo ler e escrever   textos curtos e simples, porém compreensíveis para que se consolide essa função social já citada.
Quantas vezes me deparei com crianças que  já no primeiro ano tinham habilidade para a leitura, mas que pouco compreendiam. A princípio eu achava que seria fácil pois ensinar a ler não é uma situação tão fácil, mas fui descobrindo que o processo da compreensão se fazia muito mais complicado para essas crianças, pois ler e compreender é um processo que deve ser construído junto. Cada criança tem seu tempo.  Não forçá-la, mas também não subestimá-la. Ler e compreender é fundamental para as habilidades trabalhadas em matemática.
Se nossos alunos precisam ser alfabetizados, nós professores temos muito o que estudar para saber lidar com todas a diversidade que se apresenta para nós.


Para trabalhar essas habilidades de forma desafiadora, aproveite o livro de Eva Furnari . Com turmas grandes onde é difícil cada aluno ter seu livro, optamos por adquirir um para cada grupo de quatro crianças.

             

  


















Não estou colocando o livro para você copiá-lo, e sim para conhecer o conteúdo, ver se é adequado as suas necessidades, adquiri-lo e trabalhar com seus alunos. Vocês terão  momentos mágicos. Fiz a experiência com alunos de quinto ano, mas também ousei utilizá-lo com os alunos do segundo ano, claro que tive que intensificar os cuidados na observação e na ajuda quando necessário. Para o segundo ano disponibilizei todos os materiais de contagem . Uma aula só para o segundo ano não foi suficiente, pois tive que ajudá-los na leitura e interpretação, então realizamos em duas aulas.


                           
Os alunos dos quartos e quintos anos também necessitam de diagnóstico. Nem todas as crianças chegam com a mesma carga de conhecimento. Aqueles que apresentarem defasagem ou dificuldade em alguma habilidade deve ser imediatamente encaminhado para um projeto interventivo(reforço)ou um trabalho diferenciado em sala que visem sanar suas dúvidas.
- O aluno deve reconhecer o sistema de numeração decimal e suas propriedades realizando operações por meio de situações-problema por meio dos procedimentos operatórios de adição, subtração, multiplicação e divisão;
-Resolver situações-problema envolvendo números fracionários(parte, todo e fração de quantidades) no contexto social.
- Cálculo mental, cálculo aproximado, estimativa, uso de calculadora, socialização de estratégias de conferência.
- Identificar e utilizar os principais instrumentos de medidas presentes no contexto sociocultural.
- Resolver situações- problema envolvendo transformações entre as principais unidades de tempo: dia/mês; dia/semana; mês/ano; horas/dias.
-Identificar localização e deslocamentos por meio de mapas.
-Reconhecer as figuras geométricas no meio ambiente e utilizá-las para representá-lo.
-Reconhecer os elementos: bases, número de faces, vértices e arestas das figuras planas e espaciais.
-Problematizar e resolver situações a partir das informações contidas em tabelas e gráficos. Realizar registros e informações na forma de tabelas e gráficos de colunas, barras e setores.
-Resolver situações-problema simples envolvendo noções de possibilidade e probabilidade.

Você pode utilizar este diagnóstico de aprendizagem para fazer o relatório descritivo bimestral  ou
para avaliar quantitativamente se for o caso.

O livro: Os problemas da família Gorgonzola da autora Eva Furnari é muito bom para trabalhar essas habilidades.
                                              Resultado de imagem para números



Para avaliar o que os alunos sabem em matemática, o que não pode faltar no planejamento das atividades conforme os eixos estruturantes.

- Escrita e leitura dos números
- Relação número X quantidade (completar quantidades, desenhar quantidades, relacionar quantidades)
 Processos mentais: conservação, comparação, classificação, seriação, inclusão hierárquica, correspondência biunívoca e sequenciação.
- Situações problemas que envolvam sistema de medidas que trate sobre a vivência ou cotidiano do aluno;
- Ordenar por tamanhos( objetos, crianças, numerais...)
-Elaboração de atividades envolvendo instrumentos: relógio calendário, fita métrica, barbante, balança. -Utilizar o calendário vinculando informações de eventos e programações da escola ou cidade, país...
- Atividades que envolvam estimativas de medidas de tempo e comprimento;
-Transposição dos resultados obtidos para gráficos e tabelas;
-Reconhecimento de cédulas e moedas que circulam no país.
-Bloco lógico e sólidos geométricos- pedir que mostrem uma forma específica;
-Ditado de formas geométricas; associar figuras de blocos geométricos a objetos com a mesma forma
-Interpretar tabelas e gráficos
-Transportar da tabela para o gráfico
´-Pesquisa de coleta de dados para montar o gráfico (deve-se variar o tipo de gráfico) barras, colunas, pictóricos...
Do primeiro ao terceiro ano (Bloco Inicial da Alfabetização) todas as atividades realizadas devem servir para diagnosticar.  Não há a necessidade de dizer para a criança que ela está sendo avaliada. As atividades servirão para você identificar de onde deve iniciar ou dar prosseguimento no conhecimento.
Durante todo o ano letivo estamos em processo de diagnóstico. A cada novo conteúdo/habilidade seremos impulsionados a verificar esses conhecimento, Portanto devemos e podemos fazer de uma forma bem tranquila. Toda aprendizagem exige avaliação, tanto do aluno quanto dos professores,


A atividade hoje é somente para os professores
Quando vamos elaborar uma atividade diagnóstica para ter uma ideia do que nossos alunos sabem em linguagem,devemos ter em mente os eixos estruturantes:
                                                  Psicogênese
Para os alunos que estão iniciando a alfabetização, o instrumento mais adequado é o teste da psicogênese, preferencialmente deverá ser aplicado no 1º ano até a criança entrar no nível alfabético.
* O professor escolhe um texto de conhecimento do aluno, pode ser uma história infantil, música, fábula e faz toda a exploração textual com as crianças.
*Escolhe quatro  palavras do mesmo campo semântico que sejam substantivos concretos e realiza um ditado de palavras e uma frase.
* A frase deve conter em sua estrutura o nome do aluno, para verificar se a criança conhece e escreve  o seu próprio nome.
* Além do teste da psicogênese é importante propiciar a criança situações em que ela possa classificar letras, palavras, imagens.
* Importantíssimo: o teste da psicogênese avalia a escrita, é preciso que no momento da aplicação o professor faça intervenções e anotações sobre o desenvolvimento da leitura, portanto esse teste é uma atividade que deve  ser feita individualmente.
                                                  Produção textual

Para os alunos que já se encontram no nível alfabético, o instrumento mais indicado para a avaliar a evolução da escrita é a produção textual de uma narrativa, seja a partir do reconto ou da escrita espontânea.
A partir da produção textual o professor deve analisar e tabular os seguintes aspectos.

- Progressão temática e sequência de fatos: é importante observar se o texto narra uma sequência linear ou não de fatos em que aparecem o início, meio e fim dos fatos.

- Elementos da narrativa: o texto deve apresentar os elementos que compõem uma narrativa: narrador,enredo, espaço, tempo e personagens executando uma ação.

- Coesão: as ideias do texto estão articuladas pelo uso de conexões, substituições ou marcas linguísticas que constroem a compreensão do texto.

- Convenções da escrita e aspectos morfossintáticos: observa-se a segmentação das palavras, a ortografia e a pontuação do texto.
                                                   
É muito importante que os alunos dos quartos e quintos anos realizem o teste, pois teremos um parâmetro de como se apresenta  a evolução do aluno desde o primeiro ano.

- Ler com fluência os diversos gêneros textuais estabelecendo relações com informações explícitas e implícitas, produzindo inferências e avaliando ou não hipóteses.
- Produção e reescrita de textos autorais ou espontâneos em gêneros que apresentem em sua organização interna diferentes modos textuais: narração, descrição, argumentação, instrução, relatos e exposição sem necessidade de classificação pelo tipo.
- Revisar e corrigir a grafia empregada na produção textual, considerando a norma padrão ortográfica e a produção de sentidos, bem como, reconhecer os indicadores de textualidade e aspectos morfossintáticos.
* Nem todos os alunos do quarto ano estarão com o desenvolvimento dentro do esperado. Se a defasagem for grande, faça  primeiro o teste com dez palavras e uma frase. Avalie o desenvolvimento e onde ocorreram as maiores dificuldades do aluno para realizar as intervenções necessárias. 

Bom dia!
Atividade divertida e de grande valor para a aprendizagem das crianças. Um por dia é o suficiente. De acordo com o direcionamento dado pelo professor,  pode-se trabalhar várias habilidades.





Alfabeto

Já falamos da importância da visualização diária do alfabeto pelo aluno. Antes de utilizar o caderno, coloque na parede cartazes grandes com a letra A- a e peça que eles recortem , colem palavras, gravuras, rótulos, façam desenhos iniciadas por esta letra. faça isso com todas as letras do alfabeto. Em cada cartaz de ênfase aos nomes dos alunos de acordo com a letra A (Adriana, Augusto....) Quando eles já começarem a utilizar o caderno cole o alfabeto e faça listas com palavras. Cada um diz uma palavra  escreva as palavras no quadro, peça que eles montem na mesinha com o alfabeto móvel sempre fazendo o sonzinho de cada letra para facilitar.
alfabeto ilustrado corar sala de aula (1)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (2)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (3)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (4)


alfabeto ilustrado corar sala de aula (5)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (6)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (7)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (8)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (9)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (10)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (11)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (12)

alfabeto ilustrado corar sala de aula (13)

http://www.riscosedesenhos.com.br/

 A cada atividade  o nível de dificuldade  deve aumentar e os desafios serão maiores, portanto o tempo destinado deve ser um pouco maior. Deve-se explorar tudo o que for importante para que a criança se desenvolva e para que ela consiga desvendar as dificuldades que aparecem durante  o trabalho. Nunca de respostas e sim  faça questionamentos no sentido de estimulá-las cada vez mais.
                                              




Não é só a coordenação motora que se trabalha. O professor deve acompanhar de perto cada criança para ver se ela consegue observar detalhes nas figuras apresentadas.  Após a  conclusão da atividade é  muito bom  levá-los a rodinha e conversar sobre o trabalho realizado. Cada um pode mostrar seu trabalhinho para os outros e comentar. Isso é de uma riqueza tão grande que ja vai facilitando a produção de textos, primeiramente oral e depois o escrito.  Bom trabalho.




     As crianças ao chegarem ao ambiente escolar, mesmo que já tenham frequentado uma turminha de pré escola, necessitam de uma adaptação. Nada de já ir dando cadernos  e livros. Mesmo que você queira já iniciar dessa maneira reserve um tempo da aula para atividades mais prazerosas. Conte uma história, cante uma música, faça uma roda de conversa para conhecer os pequenos. Deixe que eles vão se soltando aos poucos, permita que eles remexam em suas mochilas, que mostrem seus materiais uns para os outros. Aos poucos eles vão se ambientando a essa nova escola ou sala de aula. Se é uma turminha de primeiro ou segundo ano você  pode direcionar esse trabalho a seguir. Se eles não souberem ler, você lê para eles e observa se sabem seguir comandos e se já adquiriram algumas habilidades importantes para a alfabetização.
As atividades são de coordenação motora . Observe se eles sabem obedecer aos comandos, se estão ouvindo devidamente, se compreendem o que esta sendo dito por você. Sempre fale de frente para a turminha e se alguns apresentarem dificuldade na execução do trabalho , faça individualmente.




O alfabeto deve ser visualizado e manuseado diariamente na séries iniciais. Nunca mostrar as letras do alfabeto sem relacionar com um objeto, nome próprio, animal, brinquedos ou mesmo as cores. As crianças de seis anos, a grande maioria, já teve acesso ao alfabeto e isso facilita dar passos cada vez maiores. Monte com eles o próprio alfabeto com letras retiradas de jornais ou revistas, rótulos, brinquedos.... use a imaginação. bom trabalho
































         AIDS, uma luta constante.
                                                     Mantenha-se informado.
                                                                   

A data tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo: a AIDS. Não apenas informar as pessoas sobre os sintomas, perigos e formas de se prevenir da doença, o Dia Mundial de Luta contra a AIDS também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV - vírus humano de imunodeficiência - sofrem na sociedade por causa da doença.

A sigla AIDS vem do inglês Acquired immunodefiecience syndrome, que em português significa Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. O vírus da AIDS (HIV) destrói as células brancas do organismo, responsáveis em proteger e combater doenças no corpo humano.

Com a destruição das defesas do organismo, o corpo fica bastante fragilizado e propício a ser atacado por inúmeras doenças, como pneumonias, infecções, herpes e até mesmo alguns tipos de câncer.

 A AIDS pode ser transmitida através do contato de fluídos corporais do infectado com o sangue de uma pessoa saudável, por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha), transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas.

Você sabia que: beijos de língua, abraços ou contatos com a pele da pessoa portadora de HIV não transmite a doença?

AIDS não tem cura, mas pode ser tratada com coquetéis antiaids, quando diagnosticada a tempo, melhorando a qualidade de vida do infectado.
Origem do Dia Mundial da Luta contra a AIDS

O Dia Mundial de Luta contra a AIDS foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em uma Assembleia realizada em outubro de 1987.

O governo brasileiro, através do Ministério da Saúde, começou a promover campanhas de apoio ao Dia Internacional de Luta contra a AIDS desde 1988.


                                                   Resultado de imagem para papai noel



               
http://www.calendarr.com/brasil/dia-internacional-da-luta-contra-a-aids/

                    
                                Modelo de avaliação para o terceiro bimestre










 Para trabalhar a lenda do Guaraná algumas dicas: 
* Leitura e interpretação de texto oral e escrito
*Dramatização
*Confecção dos personagens. Pode-se fazer uma leitura narrativa para facilitar a apresentação da dramatização.
* Texto instrucional  (receita)

Para interpretação podemos fazer os seguintes questionamentos:

1-Você conhecia a Lenda do Guaraná? Se a resposta for afirmativa, pergunte de onde, quem contou.....

2- Quem é Tupã?
3- Quem é Jurupari?
4- por que os olhos do menino foram plantados após a sua morte?
5- O que você entende pela expressão?
a) Jurupari  decidiu ceifar  aquela vida em flor
b) Um dia o menino foi coletar frutos na floresta....
c) Você acha que os frutos do guaraná  se parecem com olhos humanos? Comente.


                                           Texto Instrucional

                     Vamos fazer uma salada de frutas com guaraná?

Vamos começar por os utensílios

* 1vasilha grande e funda
* 1 vasilha pequena
* 1 faca (somente adulto pode manusear)
* 1 colher

Ingredientes

* metade de um abacaxi 
* 5 bananas
* 1 mamão pequeno
* 2 maçãs
* 1 manga
* 1 goiaba
* suco de 1 limão
* 1 copo de guaraná
* 2 colheres de (sopa) de açúcar

Modo de preparar 
 Picar as maçãs na vasilha pequena e deixá-las no suco de limão, para que não escureçam. Picar as  frutas na vasilha grande na seguinte ordem: abacaxi, mamão, bananas, manga e goiaba.
Misturar todos os ingredientes  na vasilha grande,  inclusive a maçã, colocar o açúcar e o guaraná. Provar para ver se a quantidade foi suficiente para adoçar. Levar à geladeira 
 antes de servir.

Você pode continuar os questionamentos sobre o texto instrucional. Acredito que oralmente é suficiente pois é mais uma conversa. 

1- Qual é a finalidade das receitas culinárias?
2- Por que é importante lavar bem as mãos e lavar os ingredientes antes de começar o preparo de uma receita culinária?
3- Por que é importante preparar essa receita na presença de um adulto?
4- O que são utensílios e para que servem?
5- o que você entende por ingredientes?
Para finalizar você pode pedir que ilustrem em 4 quadros o passo a passo do preparo ou entregue pronto e peçam que identifiquem com numeração. Faça o desenho de sua salada de frutas. 

Matemática
Dá para trabalhar medidas de massa
Conceitos de dúzia, meia dúzia
Fração: inteiro/metade
Divisão/multiplicação/adição e subtração



 

                                                  Lendas do Brasil


   Era uma noite de luar. As estrelas brilhavam no céu como diamantes. E a lua iluminava a terra com seus raios prateados. Um velho cacique, fumando seu cachimbo, contava às crianças as histórias maravilhosas de sua tribo. Ele era também feiticeiro e conhecia todos os mistérios da natureza. Um dos curumins que o ouviam perguntou ao velho de onde vinham as estrelas que luziam o céu. O cacique respondeu:
    _ Eu as conheço todas. Cada estrela é uma índia que se casou com a Lua.  Não sabiam? A lua é um guerreiro belo e forte. Nas noites de luar, ele desce à Terra para se casar com uma índia.
      A respeito disso, vou contar a vocês uma história que aconteceu, há muitos anos, em nossa tribo. Prestem atenção:
       Havia entre nós, uma índia jovem e bonita, chamada Naiá. Sabendo que a lua era um guerreiro belo e poderoso, Naiá por ele se apaixonou. Por isso recusou as propostas de casamento que lhes fizeram os jovens mais fortes e bravos de nossa tribo.       Todas as noites, Naiá ia para a floresta admirando a Lua com seus raios prateados. Às vezes, ela saía correndo atrás da mata, para ver se conseguia alcançar a lua com seus braços. Mas esta continuava sempre afastada e indiferente, apesar dos esforços da índia para atingi-la.
    Uma noite, Naiá chegou à beira de um lago. Viu nele refletida  a imagem da Lua. Ficou radiante! Pensou que era o guerreiro branco que amava. E, para não perdê-la, lançou-se nas águas profundas do lago. Coitada! Morreu afogada.
     Então a lua, que não quisera fazer de Naiá uma estrela do céu, resolveu torná-la uma estrela das águas. Transformou o corpo da índia numa flor imensa e bela. Todas as noites, essa flor abre suas pétalas enormes, para que a lua ilumine sua corola rosada.
      Sabem qual é essa flor? É a Vitória-régia !
                                                     




                                              Olha quem veio nos visitar! Tuco e Bebel


Alunos da rede particular de ensino retornando às atividades. Alunos da rede pública de ensino de Brasília iniciando o tão esperado  recesso. De qualquer forma ler é sempre muito bom. Aí vai a dica de um livro muito gostoso e super divertido para ler em família. Dá até para rolar uma competiçãozinha sadia.

A mosca e a moça
Autora: Angela Leite de Souza



Para trabalhar em sala de aula.
Como o livrinho é um lengalenga e tem a partitura é muito bom para trabalhar ritmo, entonação de voz e respiração. Pode ser trabalhado do primeiro ao quinto ano graduando as dificuldades.
Na escrita  trabalhar os dígrafos, encontros consonantais, verbos no infinitivo, palavras terminadas com "r". Estas são só algumas dicas, mas acredito que a imaginação e criatividade do educador vai levar a uma série de atividades bem legais.


Resultado de imagem para a mosca e a moça


Depois de ser contada por tia Lu a historia O Pote Vazio, cada aluno recebeu sementes de girassol para serem cultivadas e posteriormente serem expostas para todos os alunos do colégio. Esta é uma tarefa que deve ser feita em família, pois as orientações sobre o cultivo e os cuidados devem ser dadas pelos pais.



Resultado de imagem para sementes de girassol



Resultado de imagem para girassol

Para finalizar a atividade do livro A Doença da Terra, vamos fazer um pequeno reconto.




Crianças conscientes/ Futuro melhor 

A semana do Meio Ambiente foi repleta de atividades diferenciadas.
Literatura, textos, vídeos, ilustrações e muita conscientização de como tratar bem nosso Planeta.
Começamos lendo e comentando o livro de  Maria Aparecida Pinceratti. 
Comentamos sobre os tipos de poluição que mais afetam nosso bem estar: poluição sonora, poluição do ar, poluição de mares e rios, poluição do solo. O tempo de decomposição  cada tipo de lixo .
                                                    Resultado de imagem para literatura infantil a doença da terra

A DOENÇA DA TERRA

Um dia, no Sistema Solar, a terra começou a tossir:"cof, cof... cof...
O Sol, ainda sonolento, acordou apavorado. O susto foi tão grande, que ele começou a gaguejar:
- O-o-o-q-que-que-fo-fo-foi, Terra?
A Terra, com a cara abatida, respirava com dificuldade.
- O que foi, Terra? - tornou a perguntar o Sol.
- Estou a cada dia pior! Ontem, passei mal o dia todo! - e enquanto falava, olhava bem para o Sol, para ver se ele estava mesmo compreendendo ou se estava achando aquilo "coisa de mulher".
Bastante assustado, porém, o Sol correu a buscar um xarope. A Terra, ao ver o remédio, deu uma torcidinha na montanha que lhe servia de nariz:
- Não, obrigada! Xarope não cura a minha doença, não!
O Sol, já meio bravo com tantos chiliques da terra, perguntou com voz grave e enfezada:
- O que pode curar você, então?
- Cof, cof...cof...Os homens, só os homens! - respondeu a Terra, sofrida.
- Por que os homens? - perguntou o Sol, curioso.
_ Cof, cof...cof... Porque são eles os culpados. Dê uma espiadinha para ver como eles poluem tudo, destroem tudo, acabam com tudo.
O Sol deu uma olhadinha para baixo e não gostou nem um pouquinho do que viu.
No Amazonas, os homens cortavam a dona Verdinha, uma castanheira com mais de cem anos de idade. No Pantanal, caçavam os animais para vender a pele, o couro.
Nos rios, os homens jogavam lixo, latas de venenos, matando os peixes, poluindo toda a água.
Nas cidades grandes, as fábricas e os carros soltavam no ar fumaças pretas que acabavam com os pulmões de toda gente.
- Para você ter ideia, disse a Terra, muitas crianças já estão nascendo com problemas de respiração. E os adultos, ah, não há pulmão que aguente! Cof...Cof...Cof...
Quando o Sol terminou de ver tudo isso, escondeu disfarçadamente o vidrinho de xarope, compreendendo, afinal,, que a Terra tinha razão...
O remédio para a doença da Terra não podia ser comprado em nenhuma farmácia. O remédio para a doença da Terra chamava-se AMOR E RESPEITO À NATUREZA, e isso era coisa que só podia ser encontrada no coração das pessoas.



Autora: Maria Aparecida Pinceratti
Ed. Arco-íris - 1992



Quer aprender e brincar ao mesmo tempo?  
Utilize os jogos. O ideal é depois de jogar fazer todos os registros.



Depois  da água vamos estudar o solo.






O que vem antes? O que vem depois?
Para descobrir é só adicionar ou subtrair.










Poema com interpretação
Trabalhar : autor, título, versos, estrofes e rimas.


                               

Leitura, interpretação e diversão!!!



                                              
Direitos das Crianças.
Trabalhamos  de forma mais enfática por ocasião do início  do ano letivo  e na semana da criança. 
















Que tal fazer uma caixa matemática assim?
Escolha um cantinho da sala de aula e use a imaginação. Podem ser feitas caixinhas menores para que os alunos guardem seus  palitos, tampinhas, fita métrica ...
Na sala dos professores também será muito útil.

Símbolos da Páscoa
Vamos aprender um pouquinho sobre o significado de cada símbolo da Páscoa?

Ovos de Páscoa: assim como o coelho, o simbolismo dos ovos está relacionado com uma nova vida e com a fertilid
ade.


Cordeiro: Moisés sacrificou um cordeiro em homenagem e agradecimento à Deus pela libertação dos hebreus da escravidão no Egito. Também simboliza, do ponto de vista cristão, Jesus Cristo, que foi crucificado para libertar os homens de seus pecados.



Sinos: são eles que anunciam, nas igrejas Católicas, a ressurreição de Cristo no domingo de Páscoa.



Círio Pascal: é uma vela acessa com as letras gregas "alfa" e "ômega" (início e fim). A luz da vela representa a ressurreição de Cristo.




Colomba Pascal: criado na Itália, é um pão doce em formato de pomba. A pomba simboliza a paz de Cristo e também a presença do Espírito Santo.



Pão e Vinho: simbolizam o corpo e o sangue de Cristo. Jesus repartiu o pão e o vinho com seus discípulos na Última Ceia (Santa Ceia).





Alfabeto 
Você pode fazer um desses com sua turminha. Peça para que eles tragam de casa objetos, brinquedinhos, rótulos e monte seu alfabeto. Outra maneira é pedir que desenhem o que acharem melhor. Vai sair cada coisa legal! 



























Para ler, interpretar, descobrir rimas, trabalhar versos e estrofes e já começar a produção de pequeno texto (anúncio).

                                            

                                



                                                                                      Alfabeto    
Podemos trabalhar este alfabeto aproveitando não só o traçado das letras, sequência, mas colocando embaixo de cada letra   objetos pequenos iniciados com cada letra. É necessário que todas as crianças participem trazendo de casa esses objetos. Comece por pedir objetos somente iniciados pela letra A e assim sucessivamente. Fica muito bom o trabalho e as crianças acabam enriquecendo seu vocabulário. A cada letra trabalhada faça um ditado surpresa com os objetos que as crianças trouxeram. Se tiver a oportunidade de mudar o alfabetos mais vezes ao ano , faça o alfabeto só de animai, frutas, cidades, alimentos.... é uma ótima forma de interagir com a família, pois se as crianças forem muito pequenas há a necessidade que a família se proponha a ajudar na pesquisa.  Compartilhe como ficou seu trabalho.



                                
                              
                                             
 
   
    

         

           

            

            

             
                
              

              
                          
             

              

                 

               

                 
 
               

              

              

              


     Quaresma, Páscoa e o Coelhinho
Estamos iniciando o Ano Letivo e  como estamos entrando na quaresma e logo será Páscoa, vamos trabalhar com o alfabeto do coelhinho. Várias são as atividades que podemos desenvolver com o auxílio deste alfabeto. 


























http://lucianabolinhadesabao.blogspot.com.br/

Carnaval
O carnaval é bem antigo é não é uma invenção brasileira. O que sabemos é que toda essa alegria, brincadeiras e danças nos foi trazida pelos portugueses mais ou menos em 1750 e não era chamado carnaval e sim entrudo, que significa entrada, devido ser início da quaresma. Algum tempo depois foram surgindo as
máscaras, os bailes, as marchinhas, confetes, serpentinas, Reis Momos, as fantasias de Arlequim, Pierrô, Colombina. Os bailes que eram realizados em salões, começou a ganhar as ruas e se popularizar ainda mais. Cada região do Brasil tem sua maneira de comemorar o carnaval, seja com blocos de rua, trios elétricos, escolas de samba, tudo é feito para a diversão ser garantida. Milhares de turistas visitam o Brasil por esta ocasião.


  O Pinheirinho Humilde

                                             
        Quando o menino Jesus nasceu, todas as pessoas ficaram alegres.Crianças , homens e mulheres vinham vê-lo trazendo presentes
         Perto do estábulo onde dormia o menino Jesus, num berço de palha, havia três árvores: uma palmeira, uma oliveira e um pinheirinho.
         Vendo aquela gente que ia e voltava, passando embaixo dos seus galhos, as três árvores quiseram também dar alguma coisa ao menino Jesus.
         - Eu vou dar a minha palma maior, a mais bela para que ela abane docemente o bebê, disse a palmeira.
         - Eu vou apertar as minhas olivas  e elas servirão para amaciar seus pezinhos, disse a oliveira.
         - Eu eu? Que posso dar? Perguntou o pinheirinho.
         - Você. Responderam as outras; você não tem nada para dar. Suas agulhas pontudas poderiam picar o menino Jesus.
         O pobre pinheirinho sentiu-se muito infeliz e respondeu tristemente:
         - É mesmo, vocês tem razão: não tenho nada para oferecer.
         Um anjo que estava ali perto observando, escutou a conversa e teve pena do pinheirinho, tão humilde, tão triste, que nada podia fazer porque nada possuía.
         Lá no céu, as estrelinhas começam a brilhar. O lindo anjinho olhou para o alto e chamou-as. No mesmo instante elas desceram com boa vontade e foram colocar-se sobre os ramos do modesto pinheirinho que ficou todo iluminado.
         Lá no bercinho, dentro do estábulo, os olhos do menino Jesus brilhavam ao ver aquela árvore tão linda .
        É por isso que as pessoas, até hoje, enfeitam com luzes o  pinheiro  na véspera de Natal.

Nós aproveitamos a história e fizemos o teste da Psicogênese. Ditado de 10 palavras com todas as dificuldades apresentadas no texto: lh/nh/ss/ ão/am... e depois uma frase também contemplando as dificuldades e após ele fizeram o reconto.

             
Feliz Natal!

Lemos o livro Quem é o centro do mundo? e Arthur cedeu seu trabalho para que todos possam admirar.
Estamos aprendendo a utilizar os parágrafos de forma correta, então todos os textos que lemos, nós numeramos os parágrafos, lemos e fazemos os devidos comentários.Está dando certo.

                                             


                                                       Quando usar mas ou mais?
                                             Atividade divertida e fácil de compreender.


Jogar para aprender e divertir. 
Trabalhamos um texto instrucional, mostrando as regras do jogo e ao observar as mesmas já estamos trabalhando o respeito, amizade, paciência....





Depois de ouvir a história "O melhor amigo do homem" realizamos algumas atividades.
Trabalhos a biografia da autora, falamos sobre o ilustrador, editora, fizeram a ilustração, responderam uma pequena ficha literária e a reescrita.
                                                  

Este foi o trabalho feito por nossa aluna Emilly. Ficou lindo!



Sistema Monetário
Depois de trabalhar de várias maneiras com o dinheirinho( cédulas e moedas) fomos fazer compras. Cada um recebeu um encarte e R$20,00 para comprar. Cada compra o aluno recortava o produto, colava e  registrava a operação  no caderno.  Em um outro momento o trabalho foi mais direcionado. Cada aluno escolhia um produto e a professora pedia que trabalhasse com o dobro ou triplo. Tudo  sempre com os devidos registros. Fizemos a escrita por extenso das quantidades, todos se divertiram e aprenderam muito.
                                     






Avaliação de matemática


                                                 


Filme com interpretação. Vários temas importantes são abordados neste filme. Vale muito assistir, comentar e depois produzir um lindo mural.
Atividade elaborada por Célia Castrioto Corrêa.





Para distrair e aprender interpretando.
Primeiro devemos fazer a interpretação oral para depois fazer a escrita. Ambas são importantes para  avaliar como as crianças compreendem os diversos gêneros apesentados.







Atividade para trabalhar localização
Verifique  se seus alunos sabem obedecer comandos e realizar essa atividade sozinhos. Atividade direcionada aos alunos de 1º e 2º ano.
                                           
Ler e interpretar é só começar. 





Hora da diversão


                                                 

                                                                 Interpretação de texto







                                                  A Primavera da Lagarta

Lemos a história e depois da interpretação do texto, produzimos a lagarta para confeccionarmos o nosso mural. Aproveitamos e fizemos um texto instrucional . Pegamos uma caixas de ovos, retiramos uma fileira com cinco compartimentos e pintamos. Confeccionamos a folha para servir de base para a lagartinha. Colocamos fitinha na cabeça da lagarta, fizemos olhinhos e boquinha. Montamos o tronco da árvore e fomos adicionando as folhas. A pintura e como foi colada a lagarta na folha, tudo criatividade do 2º ano. Ficou maravilhoso e todos se divertiram. Aproveitamos para falar das estações do ano. O mural pronto você pode conferir na página inicial do Blog.
Outro conteúdo que trabalhamos foi a  multiplicação observando a configuração retangular com a bandeja de ovos. Ficou fácil compreender.

                                        

     

                                                            Atividade para trabalhar a história

Os alunos assistiram o desenho de Moisés e depois fizeram o reconto. Esta atividade pode ser realizada do 1º O 5º Ano. Escute o relato dos alunos antes de passar o desenho e veja como muitos já conhecem a história
                                                

 
                                        Probleminhas e literatura. É muito legal !

Apresentando... Os problemas da família Gorgonzola
Autora: Eva Furnari

O que o aluno poderá aprender com esta aula?

Construir o conceito de cada uma das quatro operações matemáticas;

*Resolver situações problema;

* Socializar e discutir as estratégias usadas pela turma;

* Refletir sobre diversas maneiras de calcular;

* Registrar as atividades realizadas;

* Desenvolver atitudes de interação, de colaboração e de troca de experiências em grupos;

Preferi realizar a atividade em duplas, pois acreditei que ficava mais fácil a conversa entre eles. Várias intervenções foram feitas e depois houve a socialização e verificamos se haviam acertado os problemas.

Fizemos também a leitura da biografia da autora para que eles a conhecessem melhor. Deu muito trabalho, mas foi muito bom.        
                                         

                                             

        

         

       

        

          

         

           

             

             

            

              

                

                


                    

              

             

              

               

               

               


                                                    Conceitos e mais conceitos..... indispensáveis.
Em qualquer um dos anos iniciais podemos nos deparar com crianças que ainda não possuem alguns conceitos básicos da pré- escola. Então podemos trabalhar com estes conceitos: maior/ menor/ grande/pequeno, alto/baixo, longe/perto. Como já disse antes aqui no Blog, só devemos trabalhar com este tipo de atividade depois de trabalhar muito com o material concreto. Isso inclui brincadeiras, jogos e o manuseio de diversos tipos de objetos

                                                    
                                                     
.
       O projeto Cidadania continua.
Precisamos crias em nossas crianças a vontade, curiosidade e o respeito às  leis que regem nosso país. Para que isso aconteça, vários temas podem ser abordados. Para os pequeninos trabalhar os assuntos dom projeto com jogos, brincadeiras, cartazes e produções coletivas facilita o  entendimento, e com  os mais adiantados pode ser dada uma  ênfase  maior aos assuntos mais atuais: cidadania, voto, eleição, impostos. Deixem  que eles escolham.  Que tal já começar com  uma pequena eleição?

                                                   




Atividades para trabalhar alguns conceitos: maior/menor, dentro/fora, alto/baixo. A atividade em folha deve ser a última a ser oferecida para a criança. Primeiro trabalhamos com materiais concretos com formas,  tamanhos e texturas diferentes.






 É um bom tema para trabalhar com os alunos. Impostos, todos nós pagamos. É bom lembrá-los que o transporte, água, luz, combustível, alimentos, vestuário e tudo mais que consumimos é taxado com impostos.  Por isso é importante cuidar dos livros  didáticos, conservar todo o patrimônio escolar pois é de uso coletivo e todos acabam pagando. O assunto é longo e abrangente. Com os pequenos não é bom estender muito. Produzam cartazes, frases e um pequeno texto.
                                                   



E o projeto Cidadania está seguindo em frente. Vamos ler o texto e interpretá-lo






                                                          Hoje o texto é sobre Política. 
                                                               Então, que bicho é esse?



Vamos continuar com o Projeto Cidadania

Vamos trabalhar com os alunos o que é Impeachment. Por que acontece e quais as consequências. 
Com as crianças menores não precisa deixar de comentar, mas faça de um modo mais leve e com exemplos que podem ser retirados  das experiências de sala de aula. 
                                                      
                                                       
           




Para começar o Projeto Cidadania temos que conversar com as crianças sobres vários pontos:  *Devemos questioná-los sobre o que eles já sabem sobre eleição
* Se já ouviram falar de eleição
* O que é voto
* O que é um candidato
* Quem pode ser candidato
*Quais as qualidades um candidato deve ter....
Devemos ter o cuidado de em momento algum  fazer comentários sobre qualquer candidato.
Abordar sobre os direitos e deveres de todo os cidadão e aproveitar todo esse rico tema e trabalhar todos os conteúdos relevantes para o bimestre. 
Para as crianças pequenas faça atividades de colagem, desenho e pequenos textos que podem ser coletivos.
Escolha dois dias na semana e trabalhe o tema para que fique prazeroso para as crianças.





Alguns itens a serem abordados nos relatórios individuais
APRECIAÇÃO DE TEXTOS LITERÁRIOS

O ALUNO SE ATENTA A ESCUTA DA LEITURA REALIZADA PELO PROFESSOR E/OU COLEGAS.

 ALUNO FAZ COMENTÁRIOS SOBRE A TRAMA, PERSONAGENS E CENÁRIOS DAS HISTÓRIAS LIDAS PELO PROFESSOR

RECONTA HISTÓRIAS OUVIDAS RECUPERANDO A LINGUAGEM ESCRITA UTILIZADA PELO AUTOR
NA LEITURA COMPARTILHADA E NA ANÁLISE DE TEXTO, O ALUNO É CAPAZ DE COMPREENDER O ASSUNTO, FAZENDO COMPARAÇÕES COM OUTROS TEXTOS LIDOS, SE APROPRIANDO DA LINGUAGEM ESCRITA, OBSERVANDO OS RECURSOS LINGUÍSTICOS  UTILIZADOS PELO AUTOR, ETC

LEITURA

O ALUNO FAZ EMPRÉSTIMOS DE MATERIAIS DO ACERVO DE LEITURA ESPONTANEAMENTE

FAZ O AJUSTE DA FALA COM A ESCRITA DE TEXTOS QUE SE SABE DE MEMÓRIA
UTILIZA-SE DAS ESTRATÉGIAS DE LEITURA PARA BUSCAR RESPOSTAS EM ATIVIDADES COM BANCO DE PALAVRAS, LISTAS, CIRCULA PALAVRAS DITADAS PELO PROFESSOR
LÊ COM AJUDA DO PROFESSOR, DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS, DIFERENCIANDO SUAS CARACTERÍSTICAS

LÊ POR SI SÓ, TEXTOS CONHECIDOS: PARLENDAS, TRAVA-LÍNGUAS, QUADRINHOS, MANCHETES DE JORNAL,RÓTULOS, LISTAS, ETC
FAZ LEITURA COM AUTONOMIA
O ALUNO É CAPAZ DE COMPREENDER O ASSUNTO, FAZENDO COMPARAÇÕES COM OUTROS TEXTOS LIDOS, COMPARTILHANDO SEUS PONTOS DE VISTA

O ALUNO COMPREENDE OS DIFERENTES PROPÓSITOS DE LEITURA: LER PARA ESTUDAR, LER PARA SE DIVERTIR, LER PARA PESQUISAR, LER PARA COMPARTILHAR, ETC
ESCRITA

RECONHECE, USA E RECITA AS LETRAS DO ALFABETO
UTILIZA A ORDEM ALFABÉTICA EM ALGUMAS DE SUAS APLICAÇÕES SOCIAIS (AGENDA TELEFÔNICA, DICIONÁRIO, LISTA DE NOMES, ETC)
UTILIZA AS LETRAS MÓVEIS, JUSTIFICANDO PARA SI E PARA O OUTRO AS ESCOLHAS FEITAS, MESMO QUE AINDA NÃO SEJA DE FORMA CONVENCIONAL
COMPREENDE O FUNCIONAMENTO ALFABÉTICO DO SISTEMA DE ESCRITA. ASSINALE SUA HIPÓTESE DE ESCRITA:

ALFABETIZADO ( )

ALFABÉTICO ( )

SILÁBICO-ALFABÉTICO ( )

SILÁBICO COM VALOR SONORO ( )

SILÁBICO SEM VALOR SONORO ( )

PRÉ-SILÁBICO ( )
ESCREVE TEXTOS QUE SABE DE MEMÓRIA (O TEXTO FALADO E NÃO A SUA FORMA ESCRITA), CONFORME SUA HIPÓTESE DE ESCRITA
FAZ REESCRITA DE PRÓPRIO PUNHO E/OU EM PARCERIA.
REESCREVE HISTÓRIAS DITANDO PARA O PROFESSOR OU COLEGA, HISTÓRIAS CONHECIDAS, CONSIDERANDO ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DA LINGUAGEM ESCRITA DO TEXTO.
ESCRITA

PRODUZ TEXTOS DE AUTORIA DE PRÓPRIO PUNHO
PRODUZ TEXTOS DE AUTORIA NECESSITANDO DE ESCRIBA
PRODUZ TEXTOS DIFERENCIANDO OS GÊNEROS TEXTUAIS
FAZ REVISÕES DE TEXTOS INDIVIDUALMENTE
FAZ REVISÕES DE TEXTOS MESMO QUE SEJA COLETIVAMENTE E/OU ORALMENTE
O ALUNO FAZ REFLEXÃO DA ORTOGRAFIA REGULAR E IRREGULAR
EM PRODUÇÕES ESCRITAS, O ALUNO FAZ USO DO SISTEMA DE PONTUAÇÃO
NAS PRODUÇÕES ESCRITAS O ALUNO FAZ USO DA SEGMENTAÇÃO
ORALIDADE

O ALUNO PARTICIPA DE INTERCÂMBIO ORAL (RODA DE CONVERSA, RODA DE BIBLIOTECA, RODA DE CURIOSIDADE)
O ALUNO CONSEGUE INDICAR LIVROS LIDOS, COMPARTILHANDO CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS EM RODAS DE CONVERSAS
CONSEGUE ESPERAR SUA VEZ DE FALAR PERMANECENDO DENTRO DO ASSUNTO DA CONVERSA
CONSEGUE ELABORAR PERGUNTAS DENTRO DOS ASSUNTOS TRATADOS
ELABORA SUA FALA ADEQUANDO-A DIFERENTES INTERLOCUTORES

                                                          Gato Xadrez da Maria


Para trabalhar o livrinho  Era Uma Vez Um Gato Xadrez
Nós lemos o livrinho na aula de informática, depois fizemos as ilustrações de acordo com  a leitura.







Atividade de leitura e interpretação







Agora é hora de falar muito sério. O assunto a ser trabalhado é a dengue. Uma doença transmitida por um  mosquito. 


Mas afinal o que é a dengue?
 A dengue é uma doença causada pela picada de um mosquito o Aedes aegypti. Um mosquito bem pequenininho. 

Como é transmitida essa doença tão grave?
O mosquito infectado transmite a doença para o ser humano através da picada. O hábito desse mosquito é picar os pés, as pernas e os braços, pois esses locais são os que ficam mais expostos. É importante frisar que esse mosquito tem hábitos diurnos.

Quais são os sintomas?

Depois da picada do inseto, os sintomas aparecem de uma hora para outra e duram de cinco a sete dias. 

A pessoa que foi infectada pode ter todos ou alguns dos sintomas:
*febre alta por até sete dias



*dor muscular ou nas juntas
*vermelhidão no corpo
*falta de apetite
*moleza no corpo
*dores abdominais( esse sintoma ocorre principalmente nas crianças)
*dor atrás dos olhos
*dor de cabeça

*enjoo e vômito

O que devemos fazer?

Não tome nenhuma medicação sem antes consultar um médico, pois o diagnóstico só pode ser dado por um profissional de saúde.

Vamos falar um pouco sobre o mosquito.
Ele tem um nome científico. Aedes aegypti. Ele é muito parecido com um pernilongo ou muriçoca, ele é mais escuro, possui listras brancas por todo o corpo e vive em média 30 dias.

Aprenda a identificar o mosquito . É muito fácil.
                                        pernilongo(muriçoca)                                 
                                                             mosquito Aedes aegypti

E como é que esse mosquito se desenvolve?
Antes de virar um mosquito aterrorizante ele é um ovo que pode permanecer vivo por muito tempo longe da água. Esses ovinhos se transformam em larvas,  quando entram em contato com água. As larvar gostam muito de ficar em água parada e então viram pupas. Em pouco tempo, se transformam em mosquito. 
E você sabe como combater o mosquito para que ele não transmita a doença?
* Não acumule água em recipientes destampados.
*Manter bem fechados caixas d'água e barris.
* Todos os recipientes que armazenam água devem ser lavados com escova, água e sabão uma vez por semana.
*Colocar areia dentro de todos os cacos que possam acumular água.
*Limpe as calhas de sua casa, prédio...
*Fazer a limpeza das piscinas utilizando produtos químicos.
*Vasos sanitários sem uso  ou que são usados de vez em quando, devem ser verificados semanalmente.
*Aqueles ralinhos de escoar água se não for de abrir e fechar devem ser colocadas uma telinha.
*O lixo deve ser bem armazenado em sacos plásticos.
*Garrafas ou outros recipientes devem ficar virados com a boca para baixo.
Para resumir : Não deixe água parada em nenhum local . 
                      Mantenha o quintal sempre limpo.
                      Converse com seus vizinhos para que todos estejam unidos para enfrentar essa doença que já é considerada uma epidemia.  
                   Como esse é um assunto trabalhado em sala de aula, as crianças tem um papel importantíssimo. Todos devem espalhar as informações para o máximo de pessoas .


                                                Alfabeto da Corujinha


























                                            http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com.br/




Enfeites de mesa da Nossa Festa Junina


Projeto Copa. 
Trabalhando com Música.




Atividades que o Projeto Copa do Mundo






Hoje trabalhamos não tapetinho e introduzimos uma Centena.





                                                                Reagrupamento

Copa do Mundo 2014
Venha conhecer hum Pouco Mais.





Atividades MAIS sobre a Copa



Continuando com o Projeto Copa 
Lembrando: adapte parágrafo OS Alunos Menores (1 º, 2 º anos).







Projeto Copa


O Projeto de Liberdade de Informação elaborado Pela professora Célia. Textos trabalhados de Os PODEM SER los de Todos os ANOS e nos 1 º Anos, OS Alunos Opaco AINDA Localidade: Não dominam a Leitura, ESTA PODE Ser Feita Pela professora ea Interpretação PODE serviços oral. Como Atividades de Matemática, Geografia e História Que Vao aparecendo Durante o Projeto PODEM serviços adequadas also AOS Anos.
                                              








Segundo domingo de maio, Dia das Mães.

Para trabalhar com Este Tema Opaco E Muito rico e Que da Engloba VÁRIOS To Us Link Conteúdos, começamos POR UMA Produção de Texto, indivíduo Opaco PODE serviços coletiva ou. Joe Cada Aluno desen relatar Como é Sua Mãe. Outra dica E PEDIR Que escrevam Como ELES fariam se fossem enguias como Maes. Prepare-se env sai CADA ideia!. Você. Vai se surpreender com a Criatividade Deles.
 Uma conversa informal na rodinha E Muito Importante, PECAM Que falem sobre a importancia das Mães na Família.
Para descontrair hum Pouco PODE-se confeccionar Cartazes, Cartões, bilhetinhos e parágrafo Finalizar Montar hum lindo mural.

                                              

19 de abril Dia do Índio
Nós. fizemos ASSIM: pedimos EAo Alunos Que pesquisassem em casa Há Algo sobre OS Índios e direcionamos OS itens a Serem pesquisados ​​parágrafo Opaco Localidade: Não se dispersassem Muito: dia, o Porque da Comemoração, Utensílios, Onde Moram, Como São SUAS casas. No dia seguinte fizemos hum Texto coletivo com a Informations trazidas Pelos Alunos. Para ilustrar o Texto CADA hum hum fez Desenho Livre relacionado AO Tema. Essa Atividade also servir de para complementar o Trabalho.



de Todos os Créditos de para o Blog Cantinho do Saber

Conhecendo OS simbolos da Páscoa.
PODEMOS trabalhar como rimas, versos, Leitura e Interpretação. 









Todos Créditos OS Pará: www.amiguinhosdejesus.blogspot.com

Trabalhando com Música
Nesta Atividade Vários CONTEÚDOS PODEM serviços trabalhados. Aproveite Tudo o Que a Música proporciona e Trabalhe com Prazer.



                                             
                                                                                   
                                                                     
                                               

                                               
                                                                                   

Atividade de para desenvolver a Escrita.
Descubra como Palavras e frases como forme. Se como children FOREM Maiores PODE-SE Fazer uma Ampliação de frases OU CRIAR Novas frases.


Dia de Circo
Para comemorar o Dia do Circo, Amanhã iremos Assistir hum belo espetáculo e JÁ ESTAMOS Preparados parágrafo como Produções Que Vamos Fazer AO retornar. Mas aquecer para, Vamos Fazer ESSA Atividade Opaco E rapidinha ee divertida.
PODEMOS acrescentar alguns adjetivos na Atividade parágrafo Opaco JÁ comecem a ampliar e melhorar frases como Futuras Produções.  
Luana FOI AO circo. Ela Viu hum palhaço, um leão, um elefante e Dois Cavalos.
Luana Viu o mágico Tirar hum coelho da cartola. Ela COMEU pipoca e refrigerante Tomou.  


VIVA A Diferença
Para FALAR sobre como Diferenças los sala de aula na Escola e MESMO los Nosso locais de Trabalho, escolhi o poema da Autora Tatiana Belinky, "Diversidade". 
De Além de trabalhar como Diferenças that existem empreendedorismo como PESSOAS EO Respeito Que devemos ter com CADA UMA, trabalhamos also como rimas, estrofes, adjetivos e fizemos UMA Pequena Produção de Texto. E hum poema Muito gostoso de trabalhar ea conversa empreendedorismo OS Alunos Estica ...........
                                          

Máscara
Pará de Confecção de da Máscara utilizamos: Colorida cola, giz de Cera, cola de glitter, Pincel, Papel USADO parágrafo forrar como mesinhas e Muita Criatividade dos Alunos. Fiquei Surpresa com a Habilidade Opaco OS Pequenos tiveram de para trabalhar com pincel. DEPOIS de Tudo pronto CADA UM recolheu material de Seu, lavamos OS Pincéis e aguardamos Ate O Outro dia parágrafo Opaco Todas como mascaras estivessem Secas e Prontas parágrafos Serém postas não murais. Como Localidade: Não podíamos deixar passar uma OPORTUNIDADE, fomos Para O Caderno e produzimos frases sobre O Que da ELES conheciam sobre Carnaval e parágrafos FECHAR COM Chave de Ouro AINDA tivemos O Baile ONDE TODOS COM vieram lindas fantasias.
 FOI UMA Semana Bem movimentada! 


Imagem cedida POR; www.cogumelolouco.net




Como combinamos aí ESTA uma historinha da Ana Banana
O reino das frutinha (Vale das Letras)
Era Uma linda Manhã de sol e Ana Banana acordou cedinho POIs tinha UMA corrida parágrafo Participar. Levantou, trocou de Roupa, calçou Seu tenis, lanchou UMA deliciosa vitamina E FOI parágrafo largada era o Opaco da local, em Frente a praça. 
Ana Banana encontrou SUAS amigas, Mela Melancia e Maçãzinha. Elas tinham hum oponente Muito esperto Que era o Chan Chin Kiw. QUANDO Todos estavam Preparado FOI dada a largada. Logo Ana e Mela ERAM como ÚLTIMAS, mas pareciam Localidade: Não Estar preocupadas POIs AINDA faltavam muitos quilómetros de para a chegada.
 A era Muito longa e logotipo corrida muitas frutinhas FORAM desistindo, mas Ana continuava correndo CADA Vez Mais com Energia. QUANDO ia Passando Pela jornal Última curva ELA percebeu Opaco Chan estava gemendo POR Causa de muitas cãibras. Ana Como Comia muitas bananas estava Protegida das cãibras e was correndo buscar Ajuda parágrafo o amigo e AINDA conseguiu ganhar uma corrida.
Uma historinha PODE Ser trabalhada parágrafo FALAR de Alimentação Saudável e de Como ajudar Semper Opaco alguem necessità (Valores) amizade, Bondade ...
Texto Produzido coletivamente com a Participação dos Alunos fazem 2 º ano "A" Apos um compartilhada Leitura.

Ana Banana
Você. conhece uma historinha? Postaremos parágrafo Opaco Todos conheçam e possam Fazer uma fichinha Literária. DEPOIS enfeite a Ana Banana parágrafo Opaco Fique Simplesmente linda!




Você. conhece a Torre de Hanoi? 
                                       

A Torre de Hanói E hum quebra-cabeça, Que apresenta los UMA base de Contendo Tres Pinos, EM UM DOS cais Quais d'Orsay São colocados alguns discotecas UNS OUTROS sobre sistema operacional, los Ordem Crescente de Diâmetro, de Cima para.

Para resolver Este Problema Você. TEM OS Opaco passar discos de hum pino parágrafo QUALQUÉR Outro Deixando hum dos pinos parágrafo auxilia-lo. Nunca hum discoteca Maior PODE Sobrepor o Menor. O number of discotecas PODE variar, mas o Mais Simples Contém apenas Três.
De Além de Ser divertido Você. PODE avaliar um capacity de Memória e principalmente a Organização fazer Aluno parágrafo uma resolução de Problemas. Eu aconselho trabalhar los Duplas facilitar para, POIs Localidade: Não E Muito Fácil.

Curiosidade
Você. sabiá Que parágrafo solucionar hum Hanói de 4 discos, São necessários 15 Movimentos?
E se para hum Hanói de 7 discos, quantos Movimentos Você. Acha Que São necessários? 127
Para solucionar hum Hanói de 15 discos, São necessários 32.767 Movimentos. Será, Que Você. consegue?
Diz a lenda Que da São necessários 18.446.744.073.709.551.615 Movimentos parágrafos solucionar hum Hanói de 64 discos. Vai encarar?


Olha Opaco Atividade parágrafo legal trabalhar com OS Pequenos.
Utilize uma Atividade Escrita de sempre DEPOIS de trabalhar com o material de Muito de Apoio.











http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com.br


Olha Que alfabeto lindo!




























http://www.alfabetoslindos.com/

Vamos continuar 'Jogando parágrafo Aprender Mais.
Este Jogo E MUITO BOM parágrafo Fazer hum Diagnóstico inicial da turma Opaco Você. professora, professora Vai trabalhar Durante Este Ano.
Jogo: Dado sonoro
Objetivos Didáticos: 
- Compreender Que As Palavras São formadas POR unidades sonoras;
-Perceber Que da Palavras Diferentes possuem contraditório Sonoras Iguais;
-Identificar a sílaba Como Unidade fonológica;
- Identificar uma sílaba Como Unidade das Palavras Orais;
-Comparar Palavras Quanto como semelhanças sonoras;
-Desenvolver a consciência fonológica por meio da exploração dos sons iniciais das palavras ( aliteração);
- Comparar palavras quanto às semelhanças sonoras.
Público- alvo:
Alunos em processo de alfabetização que precisam perceber que a palavra é constituía de significado e sequência sonora e que precisam refletir sobre as propriedades sonoras das palavras desenvolvendo a consciência fonológica.
Algumas sugestões.
É bom que o professor leia em voz alta as regras do jogo e se surgirem dúvidas durante o jogo, cabe uma nova leitura das regras. Esse procedimento contribui para uma melhor interação entre as crianças e a familiarização com o gênero textual: instruções de jogos.
Esse jogo leva o aluno a observar que a palavra é composta de segmentos sonoros e que estes podem se repetir em palavras diferentes. Essa descoberta é essencial no percurso e apropriação do sistema alfabético pelo aprendiz.
Como jogar?
Meta do jogo: 
Ganha quem, ao final, tiver mais fichas.
Participantes:
2 a 4
Componentes:
- 1 dado de oito lados
-1 cartela com 8 figuras de animais numeradas
- 24 fichas com  figuras e palavras ( para cada figura da cartela há 3 fichas de figuras/palavras que iniciam com a mesma sílaba das figuras/ palavras apresentadas na cartela).
 Vamos as regras do jogo
- A cartela com as figuras numeradas deve estar à vista dos jogadores durante todo o jogo.
- Espalham-se as fichas sobre a mesa, com as frases voltadas para cima.
- Os jogadores decidem quem deve iniciar a partida.
- O primeiro jogador inicia a partida lançando o dado e verificando qual é a figura na cartela que corresponde ao número sorteado.
- O jogador deverá escolher uma figura cujo nome comece com a mesma sílaba da figura indicada na cartela.
- Escolhida a ficha, o jogador pega-a para si. O próximo participante joga o dado e repete o mesmo procedimento.
- A cada ficha encontrada o jogador ganha um ponto. Se pegar a ficha errada os demais jogadores que perceberem denunciam e passa-se a vez.
- Se um outro participante jogar o dado e o número deste for referente a uma figura para a qual não há mais fichas, passa-se a vez para o jogador seguinte.
-Cada jogador só poderá pegar uma ficha por vez.
Ao final do jogo é vencedor aquele que conseguir um maior número de fichas.
Repertório de palavras usadas no jogo:
Cartela com figura de animais:
baleia- cavalo- gato- pavão- vaca- tatu-foca- dinossauro
Figuras do jogo:
palhaço-parafuso-palito-=balão-bacia-batedeira- cadeado-cadeira- caderno-gaveta-garrafa-galinha- vacina -vassoura-varinha-tralher-tábua´tapete- folha-fogueira-fotografia- diamante- dinheiro- dinamite
                                
Esses jogos estão  no manual didático (Jogos de alfabetização) FNDE,  todos foram aplicados em sala e com um grande sucesso.

Caça - rimas
Objetivos didáticos:
- Compreender que as palavras são compostas por unidades sonoras;
- Perceber que  as palavras diferentes podem possuir partes sonoras iguais  também no final.
- Desenvolver a consciência  fonológica, por meio da exploração de rimas;
- Comparar palavras quanto às semelhanças sonoras.
Público -alvo:
Alunos em processo de alfabetização que precisam perceber que a palavra é construída de significado e sequência sonora e que precisam refletir sobre as propriedades sonoras das palavras, desenvolvendo a consciência fonológica.
Esse jogo é muito interessante porque permite que o aluno descubra que  palavras diferentes podem ter o mesmo "pedaço" sonoro final ( a rima ). Como desdobramento, inicialmente, pode-se solicitar aos alunos pensem em outras palavras que rimam com pares encontrados. Pode-se ainda, pedir que escrevam as palavras que rimam e circulem as palavras que possuem as mesmas letras (rimas). 

Caça-rimas- cartela do aluno 
Metas do jogo:
Vence o jogo quem localizar corretamente mais figuras sujas palavras rimam com os nomes das figuras que estão numa cartela.
Jogadores:
4 jogadores ou duplas.
Componentes:
- 4 cartelas iguais com 20 figuras.
- 20 fichas pequenas com uma figura em cada.
Regras:
Cada jogador recebe uma cartela.
As  20 fichas de figuras são distribuídas igualmente entre os jogadores. Cinco fichas para cada jogador.
Dado o sinal de início do jogo, cada jogador deve localizar; o mais rápido possível, na sua cartela, as figuras cujas palavras rimam com as das fichas que estão em suas mãos. Cada ficha deve ser colocada em cima da figura correspondente na cartela.
O jogo é finalizado quando o primeiro jogador encontrar o par de todas as fichas que recebeu. Este jogador deve gritar "parou" e todos devem contar quantas fichas foram colocadas corretamente por cada jogador.

 É importante que  nós professores estejamos sempre elaborando questionamentos sobre a ordem em que aparecem as letras que formam as rimas, fazendo com que  o nosso aluno perceba que se mudarmos a sequência de letras teremos mudança no som das palavras.
Você também pode fazer seu próprio jogo de rimas e trabalhar com as maiores dificuldades apresentadas em sala.

Repertório de palavras usadas no jogo:
avião - leão
rato - gato
faca - vaca
jarro - carro
mamadeira - cadeira
chupeta - borboleta
dinheiro - brigadeiro
garrafa - girafa
ovelha - abelha
rainha - galinha
dente - presente
piscina - buzina
vassoura - tesoura
mola - bola
tijolo - bolo
anel - pincel
barriga - formiga
roda - corda
laço - palhaço
luva - chuva


Trabalhando com jogos
 Jogos de análise fonológica
Objetivos: - Compreender que para aprender é preciso refletir sobre os sons e não apenas sobre os significados das palavras.
                 - Compreender que as palavras são formadas por unidades sonoras menores.
                 - Desenvolver a consciência fonológica, por meio da exploração dos sons iniciais das palavras(aliteração) ou finais (rimas).
                 - Comparar as palavras quanto as semelhanças e diferenças sonoras.
                 -Perceber que palavras diferentes possuem partes sonoras iguais.
                 -Identificar a sílaba como unidade fonológica.
                 - Segmentar palavras em sílabas.
                 - Comparar palavras quanto ao tamanho, por meio da contagem do número de sílabas.

Podemos trabalhar com os jogos: Bingo dos sons iniciais, Caça rimas. Dado sonoro, trinca mágica, Batalha de palavras.

Público alvo: Crianças em processo de alfabetização, sobretudo os que precisam perceber que a palavra é constituída de significado e sequência sonora.

Pode ser jogado de 2 a 15 jogadores ou ainda em duplas.
São 15 cartelas com seis figuras ( cada cartela)  e as palavras escritas correspondentes às figuras, 30 fichas com palavras escritas, um saquinho para guardar as fichas de palavras.
Regras do jogo:  Cada jogador ou duplas recebe uma cartela
                          -O professor sorteia uma ficha e lê a palavra em voz alta
                          -Os jogadores que tiverem em sua cartela uma figura cujo nome comece com a sílaba da                               palavra chamada deverão marcá-la.
                           - O jogo termina quando um jogador ou dupla marcar todas as palavras de sua cartela.          


Contamos a história do Galo Aluado com um teatro de varas. Preparamos as personagens: galo, cão, Lua Sol e caracol.
O cenário  foi uma casinha feita com papelão. Depois que contei, os alunos recontaram e se divertiram com o teatrinho.

O Galo Aluado

O Galo Aluado
Subiu no telhado,
Sentiu-se tão só,
Cocorissó, cocorissó!

O Galo Aluado
subiu no telhado
E chamou pelo Sol,
Cocorissol, cocorissol!

O Galo Aluado
Subiu no telhado
E exclamou para o cão,
Cocoricão, cocoricão!

O Galo Aluado
Subiu no telhado
E saudou a Lua,
Cocorilua,  cocorilua!

O Galo Aluado
Cochilou no telhado
E ouviu assustado,
Cocorigalo, cocorigalo!

Eram o caracol,
Cão, Lua e Sol
Que acudiam
Ao triste chamado
Do Galo Aluado.

Sérgio Carparelli
Boi da Cara Preta
Porto Alegre
L&PM, 1983



 Trabalhando os textos Instrucionais.
 A nossa turma do 2º ano" A" resolveu construir uma cidade de pedras para colocar em prática a escrita de um texto instrucional.
Nós combinamos que cada um traria de casa uma pedrinha. 
No primeiro momento eles deveriam imaginar o que queriam construir: uma casa ou um prédio dependendo do tamanho da pedra. Resolvidas as questões colocamos todas as crianças em um lugar arejado e entregamos tintas e pincéis. Cada uma colocou sua criatividade em ação. Colocamos as pedrinhas já pintadas para secar e posteriormente montamos a cidade sobre uma base de papelão. Tivemos o cuidado de enfeitar nossa cidade com árvores e um lindo céu. Ficou linda nossa cidade!
No caderno os alunos deveriam escrever os passos da construção da  cidade.
                                         


                                                     Ditados Populares

São sentenças de caráter prático e popular, comum a um grupo social. Ao recitar esses ditados o aluno percebe aspectos sonoros da linguagem como ritmos e rimas.
Exemplificando:  Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.
                          As manhas do cavalo só o dono conhece. 
                          Anzol sem isca peixe não belisca.....

                                                         A lenda do Saci-Pererê   
Eu sou um moleque travesso de uma perna só. 
Fico invisível quando bem entender.
Fumo cachimbo e tenho as mãos furadas.
Sou esperto, ligeiro, mas tenho um segredo.
A minha carapuça não deixo ninguém tirar. 
Sem ela perco os poderes e quem pegá-la ganha  um desejo que devo realizar.
Quando chego, dou um assobio muito misterioso.
Dizem que sou maldoso e também brincalhão.
Escondo os brinquedos das crianças, tranço as crinas dos cavalos, 
derramo sal na cozinha e faço a maior confusão!
Tenho outro segredo que vou contar : Tem um saci em cada redemoinho de vento.
                                                       
 Posso ser pego, e para isso é  preciso ser bem rápido e jogar em mim uma peneira ou um rosário bento. Quando chega a noite todos nós que somos sacis nos reunimos para planejar travessuras para o país inteiro. Cuidado comigo!!!!


Adivinhas, parlendas, trava-línguas, quadrinhas e ditados populares são algumas das manifestações culturais do nosso país (Brasil).
                                                       Adivinhas

São jogos de palavras apresentados em versos ou em prosa e que constituem um prazeroso passatempo, pois entretêm, divertem e desenvolvem o raciocínio lógico. O trabalho didático com adivinhas, além de ser uma maneira de difundir a cultura popular, contribui para o desenvolvimento da aprendizagem de novas palavras.
Comece com adivinhas mais simples se seus alunos são ainda pequeninos.
Exemplo: 
No alto vive, no alto mora
No alto tece, trabalha como tecedora.   (aranha)

Por que o peixe gosta tanto de comer? ( Porque vive com  água na boca.)

Estamos no mês do Folclore. O Brasil está cheio de histórias para contar. Saiba sobre as lendas, parlendas, trava-línguas...

                                                              Iara


Iara  é uma linda sereia que vive no rio Amazonas, sua pele é morena, possui cabelos longos, negros e olhos castanhos.
Ela costuma tomar banho nos rios e cantar uma melodia irresistível, desta forma os homens que a vêem não conseguem resistir a sua melodiosa canção e pulam dentro do rio.
De acordo com a lenda, Iara era uma índia guerreira, a melhor da tribo e recebia muitos elogios do seu pai que era pajé.
Os irmãos de Iara  morriam de inveja dela,  então planejaram  matá-la à noite enquanto dormia. Iara que possuía uma audição bastante aguçada, os escutou e os matou.
Com medo da reação de seu pai, Iara fugiu. Seu pai, o pajé da tribo, realizou uma busca implacável e conseguiu encontrá-la. Como punição pelas mortes a jogou no encontro dos Rios Negro e Solimões, alguns peixes levaram a moça até a superfície e a transformaram em uma linda sereia. 



Você acredita? Os índios acreditam tanto no poder da Iara que evitam passar perto dos rios e lagos ao entardecer.
Iara também é conhecida como Mãe d'água.
Conte e peça que seus alunos façam o reconto. Você vai se surpreender como eles conhecem e ainda acrescentam mais novidades. 
Sem mostrar a figura para eles peçam quem eles desenhem de acordo com o que foi lido. Vai aparecer cada Iara linda! 


Produzindo textos

Para as crianças que estão iniciando o processo de escrita de pequenos textos é bom começar com  figuras sequenciadas. São seis modelos. Recorte um por vez, peça que eles façam um colorido bem bonito e deixe  que falem sobre o que estão vendo. Depois se preferir ou facilitar recorte a sequência em partes e trabalhe a ideia de parágrafos.

.



Trabalhe os probleminhas  com material concreto( palitos, tampinhas, canudinhos) para depois passar a este estágio.




Probleminhas para os anos iniciais.


Para trabalhar o maio ambiente sugerimos o texto   "O menino e a árvore"
Atividades: leitura, debate,  produção de texto e cartazes


O menino e a árvore
S. Silvestrin

Era uma vez uma árvore
Que amava um menino.
E todos os dias
O menino
Vinha,
Juntava
Suas
Folhas
E com elas fazia
Coroas de rei;
Com elas brincava
De rei da floresta.
Subia em seu grosso tronco,
Balançava-se em seus galhos,
Comia suas maçãs.
E brincavam
De esconder.
Quando ficava cansado,
O menino repousava
À sua sombra fresquinha.
O menino amava a árvore
Profundamente.
E a árvore era feliz.


Para a festa da Família trabalhamos a música:

Família

Te agradeço pela minha familia
E por tua presença no meu lar
Te agradeço pelo pão de cada dia
Que o Senhor nunca deixou faltar

Te agradeço pela nossa harmonia
Só em ti Senhor podemos confiar
Já te agradeço pelas tuas maravilhas
E os milagres que ainda há de operar

[Refrão]
A minha familia é benção do Senhor
Me ensina a tratar minha familia com amor
Edifica minha casa para o teu louvor
A minha familia é um presente do Senhor

Te agradeço pela minha familia
E por tua presença no meu lar
Te agradeço pelo pão de cada dia
Que o Senhor nunca deixou faltar

Te agradeço pela nossa harmonia
Só em ti Senhor podemos confiar
Já te agradeço pelas tuas maravilhas
E os milagres que ainda há de operar

Com esta música trabalhamos versos, estrofes, refrão, ordem alfabética, separação silábica e aproveitamos para produzir os murais.


Para revisar.

Cante a musiquinha do  Cravo e a Rosa
Recorte e colagem com as sílabas abaixo
Separar em sílabas
Dicionário
Ditado de frases que podem ser criadas por você ou por cada um dos alunos.
                                                       


Para fixação de sons e padrões silábicos trabalhamos leituras retiradas do livro Porta de Papel.

Leia a leitura  depois faça a leitura compartilhada.
Trabalhe com legendas: use lápis de cores variadas.
-vermelho para numerar os parágrafos                                                                     
-verde para numerar as linhas                                                                               
-amarelo para sublinhar o título
Leia as palavras soltas, peça que cada um leia também, faça o som das letras do alfabeto e dê ênfase ao som trabalhado na leitura. 
Peça para que separem  as sílabas das palavras, pintem de cores diferentes as vogais e consoantes.
Trabalhe parágrafo e diálogo. A última coisa a ser feita é a transcrição da leitura para o caderno, ou pode ser passado no quadro para que eles comecem a retirar as dúvidas sobre como separar as sílabas ao final da linha.
Mostre todos  os sinais de pontuação e sua utilização.
Utilize o dicionário diariamente .
No outo dia faça um ditado divertido. Faça fichas com as palavras da leitura: ilha bilhete.... e peça que cada aluno dite a sua palavra para que os colegas a escrevam. 
Para as crianças que apresentam dúvidas coloque as palavras na preguicinha e peça que leiam.
                                                                 Bom trabalho 


Atividade para ser realizada após a leitura do livro. Lolo Barnabé


Confira se as crianças entenderam e peça que façam o inverso. Desenhar com o auxílio do material dourado as quantidades .




Mais atividades com o material dourado. Lembre-se se as crianças tiverem muitas dificuldades com o material você pode substituir por palitos, canudos ou tampinhas. 




Mais atividades com o Material Dourado



Atividade para fazer após a leitura do livro Cadê o Júlio

                                     

Vamos continuar trabalhando com o material dourado. 

Vamos começar a trabalhar com o material dourado. Antes nós trabalhamos com o  tapetinho e palitos.  Colocamos os alunos em círculo, distribuímos palitos aos alunos, jogamos o dado e  eles pegam a quantidade de palitos  colocando-os na ordem das unidades, e assim você vai repetindo até que os alunos obtenham uma quantidade maior  ou igual a 10, então você amarra e transfere para a ordem das dezenas . Não esqueça de representar também com números. Quando eles já estiverem bem familiarizados com as dezenas passe para o material dourado.




Atividades relacionadas ao livro  Maria-Vai-Com-As-Outras.

Atividade 1- trabalhar autor , ilustrador, editora, edição e compreensão do livro lido
Atividade 2- desenho livre sobre o livro
Atividade 3- desenhar paisagem
                     trabalhar cores e limites na pintura ( coordenação motora)
                     colagem de algodão, barbante ou papel  branco picotado  (mural)




Alfabeto para trabalhar no período da Quaresma, " Páscoa".  A dica é fazer com as crianças e pedir que elas relacionem qualidades e virtudes com a letra do nome delas depois façam um mural. 
Podemos trabalhar também os símbolos da Páscoa. Aproveite e comece pelo coelho. 
Para montar o coelho use cola,  barbante ou linha.


    


   



















http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com/

Esta atividade é bem legal. Assistir  filme é sempre bom , mas é preciso que haja uma atividade de interpretação de texto além da interpretação  oral.  Depois você pode complementar com um desenho para eles pintarem, enfeitarem como a criatividade permitir. Para os menores que ainda não conseguem produzir um texto ou interpretar por escrito, peçam que produzam frases, palavras relacionadas. 

                                         




Calendário do mês de março para colorir bem bonito e completá-lo diariamente .
 Após fazer comentários sobre as datas comemorativas do mês, aproveite para ajudá-los a memorizar os dias da semana , fazer contagem em ordem crescente e decrescente,  unidades e dezenas, compor e decompor, pintar números pares e ímpares... 

Atividade para  verificar como as crianças estão interpretando...

 


Professora Anahi

Atividades de coordenação motora.
É um trabalho muito importante que todos devem fazer diariamente em sala. Não precisa ser somente em folhas, mas no chão, na carteirinha deles, no quadro. O importante é o movimento feito corretamente pois esta sequencia de atividades irão facilitar quando a criança for escrever. Primeiro peça para que  passem o dedinho por cima do traçado com  movimento contínuo . Pode ser feito com linha, barbante e por fim podemos fazer com lápis ( giz de cera) para facilitar o movimento. 
Obs : Mude o movimento (atividade) somente quando você sentir que a criança executa a tarefa com desenvoltura.



Para identificar os cadernos (sala e casa)


Atividades para iniciar o ano letivo. (Turminha de 2º Ano)
Conversamos na rodinha e cada um falou sobre si, conheceram colegas novos, relataram como foram as férias. Cada um recebeu um pequeno espelho para que se olhassem bem, identificassem a posição  o formato  dos olhos, boca e nariz.  Como de costume eles riram fizeram brincadeiras e depois entreguei a eles uma folha de papel com o contorno de um rosto. Eles teriam que fazer seu autorretrato. Foi muito divertido. Faça você também.

Leiturinha...

Olha a hora! É hora de aprender! 

                                             
Atividade de raciocínio. Fique atento.

                                                        .

Probleminhas para resolver



Nós assistimos ao documentário  "A Marcha dos Pinguins". Veja o que nossos alunos (artistas) produziram depois de interpretar todo o documentário.
                                                                   Luiz Felipe
                                                                  José Gouveia


Receita
Vamos trabalhar um texto diferente: " Faça seu sorvete de abacaxi." Trabalhe interpretação, matemática (medidas de capacidade) depois peça que os alunos tragam de casa receitinhas da  mãe, tia, avó . 
Relacione os ingredientes e faça uma simulação de quanto custa cada produto utilizado na receita. Você pode escolher uma receitinha bem simples e fazer com eles. Sempre lembrar para eles que crianças nunca 
podem executar tarefas em cozinha sem a supervisão de um adulto.
Bom trabalho!






Vamos dividir.
Para os pequeninos comece dividindo com material concreto: palitos, tampinhas, brinquedinhos, lápis, ou mesmo desenhando bolinhas dentro de grupinhos. Depois dê esta atividade para fixar.

Medidas de tempo
Todos nós já sabemos que os instrumentos mais comuns para medir o tempo são o relógio e o calendário. 
Todo início de mês nós entregamos um calendário para que os alunos o completem. Algumas professoras preferem preenchê-lo todo de uma vez, outras preferem diariamente. 
Trabalhamos os dias da semana, quando iniciou o mês, quando termina, quantos dias tem o mês, quantos domingos, segundas-feiras, terças-feiras,quartas-feiras...., as fases da lua, caso tenha mudado de estação faça também um breve comentário, o que são os dias úteis.






  

É muito importante que nossos alunos saibam diferenciar quando e porque utilizar letra maiúscula e minúscula.   Esta atividade diferencia de maneira fácil esta dificuldade.



Para  facilitar o trabalho de introduzir parágrafos e diálogos com o uso do travessão essa atividade é fácil e gostosa de fazer. Pode ser feita com qualquer história em quadrinhos, desde que não seja muito longa.




Depois que lemos o livro Menina Bonita do Laço de Fita, fizemos este trabalho para por no mural e em nossa pasta do Projeto Leva e Traz. 
Os artistas desta vez foram: Laura, Ana Beatriz, Júlia Melo e Ramara. 
Parabéns meninas!





                                        
Multiplicando....


Atividade de leitura e interpretação.
Crie a interpretação que mais se adequar as necessidades dos alunos.


Ler e interpretar é muito importante. Dê leituras diferentes sobre vários assuntos. Os alunos devem fazer a leitura compartilhada, fica mais fácil e requer uma atenção maior.







Leitura e interpretação.  Ótima atividade para avaliar como os alunos estão interpretando.  É importante que os textos para interpretação sejam sempre diversificados. Desde muito pequenos os alunos devem ter acesso a todos os tipos de leitura. A interpretação pode ser  somente oral e posteriormente por escrito.





Vamos fazer compras?
Uma atividade bem legal é trabalhar com encarte de supermercado. Peça para os alunos criarem uma lista com produtos básicos (arroz, feijão, óleo, café...) deixe que eles escolham um produto que gostem (chocolates, biscoitos). Dê a eles R$ 100,00 dinheirinho de brincadeira. Eles irão somar e depois subtrair.  Detalhe, eles precisam economizar procurando preços menores. Depois você dá esta atividade para fixação.

 Vamos fazer pipa?
É uma atividade que devemos fazer sempre com a presença de um adulto supervisionando, pois utilizamos tesoura, varetas e outros materiais que podem apresentar perigo para as crianças. E o bom mesmo é que podemos incentivar os pais a realizarem esta atividade com as crianças durante a semana da criança promovendo oficinas nas escolas para que os pais ensinem aos filhos como fazer e depois possam brincar com eles. 
Atividades relacionadas 
Português:        leitura e interpretação 
Matemática:     medida de comprimento, cálculo de quanto foi gasto na compra dos materiais para confecção da pipa
Coordenação motora:  habilidade para fazer nós, recortar e colar

Materiais Necessários para Fazer Pipa

* 2 folhas de papel de seda que também pode ser substituída por papel crepom, manteiga ou espelho. Só é necessário uma folha mas é bom ter duas no caso de estragar a folha tem uma reserva para tentar fazer a pipa novamente.
*Cola branca
* 2 varetas de bambu
* Uma linha 10 de algodão 1
* Jornal para fazer a rabiola

Como fazer  a  pipa


Siga o passo a passo que ensina como fazer pipa abaixo:
 *Dobre a folha como mostrado na figura 1.
*Corte o papel na linha onde você dobrou.
*Cole as duas partes resultantes da forma como mostra a figura 3
*Pegue uma vareta de bambu, meça, corte se necessário e cole na vertical
*Pegue uma vareta de bambu, meça, corte se necessário e cole na horizontal
*Espere secar a cola e envergue o bambu horizontal com a linha e vire a pipa de lado.
*Faça o cabresto da sua pipa com a linha utilizando como medida as laterais, depois vire a pipa novamente.
Com a pipa pronta agora é preciso fazer a rabiola ( rabo da pipa ) que serve para dar estabilidade e equilíbrio para a pipa.
*Corte o jornal fazendo pequenas tiras.
*Cole as tiras no fio que pegou para montar a rabiola, cole alternando as tiras, uma para esquerda outra para a direita.

http://www.aprenderfazer.com.br/aprender-como-fazer-pipa/


Vamos trabalhar a tabuada do  3X  triplo. Monte a tabuada primeiro com material concreto: palitos, brinquedinhos, canudinhos, dinheirinho, fichinhas... tudo o que você  puder disponibilizar para os alunos manusearem.

Trabalhar com cartum é muito divertido e dá para fazer várias atividades e aproveitar para ver como as crianças estão em interpretação.


Hoje é dia de pular carniça
Essa brincadeira é muito legal, não custa nada e é uma ótima oportunidade para trabalhar coordenação motora.
                                                

Pular carniça, pular sela ou "leap frog" é uma brincadeira internacionalmente conhecida entre as crianças, adolescentes e adultos do mundo inteiro.

Maneira de Brincar:
As crianças dividem-se em dois grupos. Um dos grupos, indicado por sorteio, deve "selar", ou seja, deve tomar a seguinte posição:
- colocar-se em fileira, havendo um espaço entre as crianças de aproximadamente 2 metros, inclinando o tronco para frente e apoiando as mãos nos joelhos.
O outro grupo deve saltar por sobre cada um dos colegas selados (os que se encontram agachados), apoiando as duas mãos nas costas desses e afastando simultaneamente as duas pernas.

Desenvolvimento:
Faz-se duas filas de crianças que deverão estar curvadas com as mãos apoiadas na coxa. Uma criança começa pulando sobre todas. Quando pular a última carniça o pulador pára adiante esperando que as seguintes pulem sobre ele.
Após o grupo de saltadores passar por todos os colegas selados, inverte-se as posições: o grupo que selou irá saltar e vice -versa.
Ganha a fila que chegar à posição inicial primeiro.

Variante:
Uma variação do jogo permite ao líder do grupo de saltadores (o primeiro a saltar), criar formas diferentes de ultrapassar os colegas selados, o que deve ser imitado por todo o restante do grupo. Se por exemplo, o Líder gritar: "esborrachar melancia", ao ultrapassar os colegas selados, todos devem soltar um pouco o apoio das mãos sentando ligeiramente sobre as costas dos selados, como se estivessem montados num cavalo.

Fonte: http://www.pd-crianca.com.br


Depois de brincar passe a música para eles se divertirem mais ainda e aproveite para trabalhar versos, estrofes, separação silábica, ordem alfabética e tudo mais que sua criatividade permitir.

Molejo
Vem zoar


Brincai aí (ha ha ha)
Quem nunca brincou de serra serra serrador
Quem nunca brincou de serra serra serrador
Serra serra serrador
Serra serra serrador

Quem nunca brincou de adoleta peta peta
Quem nunca brincou de adoleta peta peta
Adoleta peta peta
Adoleta peta peta

Agora eu quero ver você pulando cordinha
Agora eu quero ver você pulando cordinha
Pula pula pula cordinha
Pula pula pula cordinha
Pula pula pula cordinha
Pula pula pula cordinha

Agora eu quero ver você pulando carniça
Agora eu quero ver você pulando carniça
Pula pula pula carniça
Pula pula pula carniça
Pula pula pula carniça
Pula pula pula carniça

Olelê, olalá, brinca aí, vem zoar
Quero ver, suingar, e marcando com a gente taratatata
Olelê, olalá, brinca aí, vem zoar
Quero ver, suingar, e marcando com a gente taratatata

Só vocês, taratatata
Outra vez, taratatata
Quero ouvir, taratatata




Hoje é dia de jogar biloca

Você vai precisar de um potinho de plático para guardar suas bilocas a medida que for ganhando o jogo. ( bilocas custam pouco)
Criancinhas pequeninas não devem brincar pois há o risco de colocar as bilocas na boca e acontecer um acidente.

Jeito de brincar
O jogo tem três fases.

 Na primeira, os jogadores fazem um risco no chão e cada um joga a sua biloca, para decidir qual será a ordem das jogadas.
Quem jogar a bolinha em cima do risco será o primeiro. Quem ficar antes do risco será o segundo. Aquele que jogar a bolinha depois do risco será o terceiro.

Na segunda fase, é desenhado um triângulo no chão, e as bilocas são colocadas dentro dele, como no desenho ao lado. Cada jogador tem uma bolinha na mão, e precisa tecar, ou seja, acertar as que estão dentro do círculo, com ela.
Sempre que o jogador acertar uma bolinha, pode ficar com ela. Quem deixar a sua bolinha dentro do triângulo perde.


Na terceira fase, os jogadores fazem cinco buracos no chão, como no desenho ao lado. Os jogadores têm que jogar a bolinha em todos os buracos, um de cada vez.

Eles também podem tecar as bolinhas dos outros.
Ganha quem tiver mais bilocas no final.

                                 


http://mapadobrincar.folha.com.br/brincadeiras/bolinha-de-gude/85-bolita



Vamos  jogar queimada?


COMO BRINCAR

Para o jogo básico, divida o espaço em dois campos do mesmo tamanho definindo os limites com um giz. Divida os participantes em dois times. O jogo começa quando um lançador atira a bola em direção a um dos jogadores do time adversário, se este for atingido pela bola estará fora do jogo. Se alguém do time adversário conseguir segurar a bola, sem deixá-la cair no chão, quem sai do jogo é o lançador. Se a bola bater no chão antes de atingir alguém, a posse de bola passa automaticamente para o time adversário que poderá atacar. Se algum jogador ultrapassar os limites do campo tentando fugir da bola será eliminado.

Para ninguém ficar de fora se pode fazer uma prisão. Quem for eliminado ficará atrás do limite do campo adversário e poderá atacar. Se atingir alguém do outro time o mesmo volta para a equipe inicial. O jogo ficará mais cooperativo se atrás de cada jogador houver uma lata. O participante só é queimado se a lata for derrubada por um adversário, sendo que as latas podem ser defendidas com os pés por qualquer um dos jogadores. Nesse caso, o jogo ficará ainda mais divertido ainda se houver mais de uma bola em campo. 
 Observe algumas dicas
Esta é uma brincadeira para crianças maiores de 6 anos  
Vocês podem jogar na quadra, areia da praia, em seu condomínio
Esta brincadeira estimula a agilidade, concentração, mira, velocidade, concentração e cooperação 
o ideal é que tenha 8 participantes
Você só vai precisar de um giz para marcar o espaço e uma bola macia.  

Esta brincadeira em alguns lugares do Brasil também é conhecida como.

Baleado, baleada, matada, barra bola, bola queimada, caçador, cemitério, mata-mata, mata-soldado, queimado, carimba, guerra, jogo do mata



 Vamos resgatar brincadeiras simples e legais. Não precisa gastar dinheiro e a diversão é garantida e além disso estimula a boa convivência entre as crianças.   

Podemos aproveitar para fixar conteúdos de matemática: par , ímpar, sucessores e antecessores, faça uma operação de adição e peça que a criança jogue a pedrinha no resultado. Criatividade é a palavra de ordem! Aproveitem e brinquem também. Mostre aos seus alunos que já foram crianças e que as brincadeiras eram essas. Eles vão adorar
Amarelinha

COMO BRINCAR
Desenhe o diagrama com o giz sobre a calçada ou asfalto. O traçado tradicional é um retângulo grande dividido em dez retângulos menores – as ‘casinhas’ – numerados de 1 a 10. Na parte superior do diagrama, faça uma meia-lua e escreva a palavra ‘Céu’. 

Para jogar, fique atrás da linha do início do traçado – do lado oposto à palavra ‘Céu’ – e atire o marcador na casinha que não poderá ser pisada, começando pelo número 1. Atravesse o resto do circuito com pulos alternados nos dois pés e em um pé só. Ao chegar no ‘Céu’, faça o caminho de volta do circuito, pegue o marcador - sem pular na casa onde ele está – e volte para trás do traçado. Depois jogue o marcador na próxima casinha e assim sucessivamente. Se errar, será a vez do próximo jogador. Vence quem completar todo diagrama primeiro. 

Dica: para inovar, faça circuitos em formatos diferentes, como caracol ou retângulos maiores. Para as crianças mais novas, os circuitos podem ser menores e podem ser feitas exceções – como, por exemplo, permitir que elas pulem com os dois pés em todas as casas. 


ESTA BRINCADEIRA TAMBÉM SE CHAMA...Academia, maré, pular macaco, macaca, avião, sapata



Estamos introduzindo o dobro 2x. Montamos a tabuada com o material dourado , o semi simbólico, palitos, carrinhos, canudinhos, tampinhas, dinheirinho.... Durante vários dias fizemos as mesmas repetições. Para testar se os alunos conseguiram entender demos esta atividade. O aluno que ainda não estiver seguro deve continuar utilizando o material de apoio.

Probleminhas para resolver.
 Os problemas podem ser resolvidos através da adição ou multiplicação.
Se o aluno não se sentir ainda muito seguro pode desenhar também. O importante é entender o processo.




Chapeuzinho Vermelho
Assistimos o filme e depois os alunos fizeram o reconto e montaram a história.





As Fábulas de Esopo

A Galinha dos Ovos de Ouro 
Um camponês e sua esposa possuíam uma galinha, que todo dia, sem falta, botava um ovo de ouro.
Supondo que dentro dela deveria haver uma grande quantidade de ouro, eles então a sacrificam para enfim pegar tudo de uma só vez.
Então, para a surpresa dos dois, viram que a ave, em nada era diferente das outras galinhas.
Assim, o casal de tolos, desejando enriquecer de uma só vez, acabam por perder o ganho diário que já tinham assegurado.


Moral de História: Quem tudo quer, tudo perde.


Após lermos a história Nem Todas as Girafas São Iguais, fizemos  duas atividades: uma para o mural e outra para apresentação da história para as outras turmas. Veja como ficou legal.
1- Recortamos vários círculos e montamos a girafinha. Esta vamos colocar no nosso mural.
2- Recortamos a máscara da girafinha, colamos em uma  cartolina para ficar  mais firme. Os alunos contarão resumidamente a história da girafinha para todas as turmas do matutino e depois assistirão as apresentações feitas pelas outras turmas. Lembrando que esta semana estamos tratando das diferenças. 
                                             


Modelo de avaliação de Matemática  para o terceiro bimestre.


      





Depois de trabalhar com o livro Dona Baratinha podemos fazer várias atividades:
Interpretação do texto, leitura compartilhada, revisão de conteúdos ( artigos, adjetivos, substantivos,  plural, masculino e feminino, aumentativo e diminutivo), montar um quebra cabeças e remontá-lo.

Estes trabalhos maravilhosos foram feitos pelos alunos do 2º ano A



Atividade para revisar adjetivos.
Você pode ditar um pequeno texto repleto de adjetivos para que seus alunos possam identificá-los.



Atividade para revisão
Atividades para revisão
Sempre estamos revisando conteúdos. Então vamos fazer esta atividade.
Podemos revisar: consoantes, vogais, sílaba tônica, aumentativo, diminutivo, substantivos próprios e comuns
Atividade :
Colorir, recortar e montar o quebra cabeça da Chapeuzinho Amarelo




Veja os trabalhos feitos pelos alunos do 2º ano A



  Resposta:    Arara
O que é ? O que é?
1-Sou uma ave importante.
Tente meu nome escrever.
Leia de trás para frente.
E o mesmo nome irá ver. 

2- Visto de frente para trás
Sou um pássaro voando,
Visto de trás para frente
Sou o mesmo regressando.
( resposta  amanhã)

Ortografia divertida IV
Palavras com M antes de P e B.
Ler e completar com P ou B.
Separar as sílabas das palavras e classificar.
Colocar em ordem alfabética.
Procurar no dicionário o significado das palavras desconhecidas.

Ortografia divertida III
Palavras com NS.
Enfatizar bem o som das letras NS.
Separar sílabas e classificar. 
Recortar e colar palavras com NS.
Numerar estrofes e versos.
Ordem alfabética.
Identificar autor e título.
Produzir frases e pesquisar sobre o castor 


Ortografia divertida II
Trabalhar palavras com  u final.
Fazer o som da letra, mostrar no alfabeto, fazer a escrita da letra.
Completar os quadrinhos e aproveite para contar letras e sílabas.
Colocar as palavras em ordem alfabética.
Separar as sílabas ( classificar).
Identificar: autor e título.
Numerar parágrafos ( de lápis de cor ).
Numerar linhas ( lápis de cor diferente dos parágrafos).
Identificar narrador (sublinhando a fala do narrador).
No outro dia você pode dar um ditado (coloque as palavras dentro de uma caixinha ou saquinho, vá retirando e ditando).    

Ortografia divertida I
Trabalhar a ortografia  do no final das palavras.
Fazer o som das letrinhas, enfatizando bem o SSSSSSSSS
Ler o texto em voz alta. 
Pedir para identificar autor e título sublinhando de cores diferentes, numerar os parágrafos , circular os sinais de pontuação  e comentar a utilidade de cada um.  
Ditado: dite as palavras para que eles procurem e sublinhem no texto.
Completar a cruzadinha.:
* Trabalhe a palavra ovos, ela não deve entrar na cruzadinha, pois o S marca o plural da palavra ovo.

 História sequenciada de João e Maria. 
Coloque a história em ordem e faça a produção de texto que tanto pode ser coletiva  quanto individual.  Como a história é grande, você pode contá-la durante toda a semana (em capítulos). Acho até que fica mais emocionante. Se preferir não conte a história, vá produzindo dia a dia de acordo com a criatividade deles. 

  
Avalie: sequência numérica, escrita de numerais, representação de quantidades, gráficos, sistema monetário e figuras geométricas.




Calendário para agosto

                                                 
Português
Se você quer  um texto diferente que aborde  os problemas sociais, trabalhe este Cartum de Quino. 



Matemática
Ditadinho de números .Avalie como seus alunos estão com os números. Coloque vários números em um saquinho e vá retirando e ditando. Eles vão amar.

Matemática
Atividade excelente para trabalhar  com as crianças. Se tiver condições e tiver blocos coloque-os sobre uma mesinha de vidro, assim a visualização será melhor.



Português
Formar frases de  um jeito diferente é muito mais divertido. 
Você pode pedir que os alunos  ampliem as frases já formadas, pode trabalhar substantivos próprios e comuns, adjetivos, verbos, tipos de frases e pontuação.  


Matemática

Esta atividade é muito legal para identificar se os alunos sabem se direcionar (direita, esquerda, para cima, para baixo), se você conhecer uma música relacionada, é hora de cantar com as crianças.
 Pode ainda dentro desta atividade trabalhar localização dentro mesmo da sala. Dê comandos aos alunos para que peguem objetos que estejam a sua direita, a sua esquerda e assim você vai identificando onde eles apresentam mais dificuldades..


Tabalhando os tipos de frases
Com certeza os alunos já viram este conteúdo, mas para fixá-lo de forma mais divertida, depois de ler as informações peça que os alunos recortem palavras aleatórias de jornais ou revistas e deixem que de dois em dois eles montem frases com as palavras. Então você pode tirar as dúvidas. Só juntando palavras pode ser frase? Passe a eles a ideia da mensagem. O  que escrevemos precisa ser compreendido. Depois é só se divertir com as frases que eles construíram! É muito legal! Eu fiz e foi muito bom.
Tirinhas de Matemática
Atividade para reconhecimento de quantidades. Pode ser aproveitada para explorar números pares e ímpares.

Reunião de pais
Aí vai uma ajudinha para você professor(a)  orientar os pais na reunião bimestral.


Lembrete de Português
Você pode aproveitar qualquer texto que estejam  trabalhando em sala  para revisar este conteúdo.  Após ler o texto peça que sublinhem as palavras acentuadas, oriente-os a procurar em jornais e revistas palavras m com estes acentos.        Se as crianças forem ainda pequenas trabalhe somente a posição da sílaba tônica ( última,penúltima e antepenúltima), se já tiverem mais maturidade o ideal é  classificar (oxítona, paroxítona ou proparoxítona)

Tirinhas - lembretes Números pares e ímpares.
Você pode utilizar os próprios alunos para fixar o conteúdo. Cole o lembrete no caderno e conclua com probleminhas criados por eles.

Tirinhas - Lembretes
 Durante esta semana vou postar algumas tirinhas  de Português e de Matemática que servem para que os alunos quando tiverem alguma dúvida recorram com facilidade. Você deve colocar o cabeçalho da sua Escola. Os lembretes devem ser repetidos algumas vezes por ano, assim os alunos estarão sempre visualizando os conteúdos.

                                    

Cocoricó
A atividade abaixo é boa para trabalhar produção de texto inserindo diálogos pequenos, pintura recorte e colagem. Você pode ver o vídeo com as crianças depois passar as atividades.










Turminha do Cocoricó

Os sentidos
Este conteúdo é excelente para trabalhar com as crianças.
 Várias atividades podem ser exploradas : Você pode aproveitar  a atividade de fazer o sanduíche  que já foi postada. Faça o seguinte: organize para fazer o sanduíche e peça que cada um traga os ingredientes previstos na atividade citada, enquanto estiverem fazendo o sanduíche você vai trabalhando cor, textura, cheiro e sabor, pode relacionar por escrito os ingredientes e modo de fazer. Depois é só saborear. Explore também os cuidados de higiene que devemos ter ao manusear alimentos. 

                                                   

O corpo humano
Para as crianças menores a definição de corpo pode ser bem simples como na atividade a seguir.
Você pode ao final da atividade pedir que as crianças em grupo escolham uma menina e um menino e faça o contorno do corpo em um papel pardo e depois  eles devem acrescentar partes do que há  no corpo das meninas e dos meninos. Pode ser feito individualmente, cada um faz seu desenho, o ideal é que haja um espelho. 
                                                         

             
Avaliação de Matemática
Se você quiser mude o mês do calendário.


Poeminha
Objetivos: ler, interpretar, identificar rimas e versos, produzir texto ( coletivo ou individual )





Atividade avaliativa de Português




Pontuação
 Utilizar bem a pontuação nas frases facilita a compreensão e ajuda na hora de pontuar um texto.
Noite de São JoãoObjetivo: Ler, interpretar, identificar autor, editora, ano de publicação e resumo ( para os alunos maiores). Se seus alunos forem pequeninos, leia para eles, faça um texto maior e aproveite para identificar letras e sons.
É sempre bom trabalhar a biografia dos autores, mesmo que seja um breve resumo.



Aprendemos também brincando.
Teste a percepção visual de seus alunos e veja como eles se saem.
Esta atividade trabalha simetria, imagem e sombra.

Atividades de Matemática
Para fazer o download das atividades de matemática clique nos links a seguir:




Bananas



Objetivo desta atividade: trabalhar, versos, estrofes, leitura, ditado, identificar autor,título e biografia do autor, nomes próprios, classificação de palavras quanto ao número de sílabas (monossílabas, dissílabas, trissílabas e polissílabas) 

As galinhas coloridas
Esta atividade é deliciosa de fazer.

Objetivos:  ler, interpretar e explorar o texto  o máximo possível, fazer e criar rimas, identificar versos e estrofes,coordenação motora e produção de texto.  Para compartilhar com o restante da Escola faça um lindo mural .



Confecção dos bonequinhos caipiras


Nesta atividade conseguimos trabalhar vários conteúdos: medidas de comprimento, identificação da dezena, cores e formas e coordenação motora.
Materiais: uma base quadrada de  10cm x 10cm de cartolina
                   uma dezena de palitos de picolé (cole os palitos na base quadrada)
                   retalhos de cartolina retangular de 4cm x17cm para as pernas
                   retalhos de cartolina retangular de 3cm x 12cm para os braços
                   retalhos de cartolina para o chapéu
                   faça as mãos  com os dedinhos ou como uma luvinha de bebê
                   os cabelos podem ser feitos de pedaços de papel colorido, barbante ou lã
                   olhos, boca, nariz  e sapatinhos de acordo com a criatividade dos alunos.
  Ao terminar eles ficarão como mostrado acima. Monte um mural com as crianças e faça uma pequena produção de texto. 

Sequência numérica.
O objetivo desta atividade é exercitar a escrita de numerais, reconhecer a sequencia numérica, fazer a contagem de dois em dois e de cinco em cinco.



Os dez mandamentos
Objetivo: trabalhar os números romanos dando uma atenção especial aos valores.


A Escola e a Criança
O objetivo desta atividade é levar os alunos a conhecer como era a escola antigamente e comparar com o que acontece atualmente. Lembrando sempre do respeito e cuidado que todos devem ter por uma instituição de ensino.

Oi pessoal!
O objetivo desta atividade é trabalhar os diversos tipos de moradia, das mais antigas as mais modernas. O tipo de moradia que deve ser adaptada a cada região do nosso país.
 Para as crianças menores pode-se fazer uma abordagem diferenciada com questionamentos sobre como é o tipo de moradia de cada um.
Bom proveito.


Música   "A árvore da montanha"
Esta atividade lúdica é ótima para  trabalhar sequencia e memória.  As crianças vão amar e vocês também.


Produção de texto
Esta atividade consiste em levar a criança produzir um texto com uma preparação prévia. Peça para eles imaginarem que foram ao mercado para comprar ingredientes para fazer o sanduíche. Perguntas para a produção: Onde é o mercado? Com quem foram? Quanto gastaram? Depois listar os ingredientes e o modo de fazer.




PoemaOlá . O objetivo desta atividade é identificar no poema: título, autor, rimas, encontros  vocálicos e consonantais.


























































Um comentário:

Arquivo do blog